Jogadora de Voley Tifanny se filia a partido político e estuda concorrer às eleições

A primeira jogadora transexual a disputar a Superliga feminina, a oposta Tifanny Abreu se filiou ao MDB, partido do atual presidente Michel Temer, e estuda concorrer ao cargo de deputada federal por São Paulo nas eleições deste ano. A informação foi divulgada pela Coluna Estadão, da jornalista Andreza Matais.

A atleta assinou a ficha de filiação à legenda na sexta-feira passada, último dia do prazo de seis meses antes das eleições para quem pretende disputar algum cargo público no fim do ano. 

Considerada um dos destaques desta edição da Superliga, a oposta renovou contrato com o Sesi-Bauru e vai permanecer na equipe durante a temporada 2018/2019. Em 14 jogos pelo time bauruense, a atleta marcou 308 pontos, encerrando a participação no torneio nacional com 5,4 pontos por set, a melhor média até o momento.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

LEIA TAMBÉM

Newsletter

Cadastre seu e-email e receba novidades.

Ⓒ Click Fato 2012 – 2021 | Desenvolvido por MAVICA