Categorias
Destaque Geral Pets

Cães são usados para detectar coronavírus em aeroporto

Cães treinados para detectar o novo coronavírus começaram a farejar alguns passageiros no aeroporto de Helsinque-Vanda nesta semana, em um projeto piloto utilizado conjuntamente com exames convencionais. 

A eficiência dos cães não foi comprovada em estudos científicos comparativos, por isso os passageiros que se oferecem para ser testados e são suspeitos de portar o vírus são instruídos a também fazer um exame de coleta para confirmar o resultado. Uma equipe de 15 cães e dez instrutores está sendo treinada para o trabalho na Finlândia por voluntários patrocinados por uma clínica veterinária particular. Entre eles está Kossi, um cão de resgate espanhol que foi treinado como cão farejador no país e que já trabalhou na detecção de câncer.

“O que vimos em nossa pesquisa é que os cães encontram a doença cinco dias antes de os pacientes terem quaisquer sintomas clínicos”, disse Anna Hielm-Bjorkman, professora adjunta da Universidade de Helsinque, especializada em pesquisa clínica de animais acompanhantes. “Eles são muito bons nisso. Chegamos perto de uma sensibilidade de 100%”, disse ela, referindo-se à capacidade dos cães para detectar casos do novo coronavírus.

No exame canino, um passageiro passa uma gaze no pescoço e a coloca em uma lata, que depois é entregue em outra sala para que um cão a fareje e ofereça um resultado imediato. Alguns meses atrás, autoridades dos Emirados Árabes Unidos adotaram um exame canino semelhante no Aeroporto Internacional de Dubai, usando cães policiais.

 

 

Fonte: Agência Brasil

Imagem: Reprodução Agência Brasil

#ClickFato #Caes

Categorias
Geral Pets Sem categoria

Papagaio leva choque e é reanimado com massagem cardíaca no Metrô de SP

Um papagaio da espécie Maracanã foi salvo após receber uma massagem cardíaca de um agente de segurança do Metrô de São Paulo. O caso ocorreu na quinta-feira (24) na estação Oratório, da linha 15-Prata.

De acordo com o Metrô, o supervisor de segurança, Everton Rios, descobriu três aves no chão após investigar um barulho. Os animais haviam recebido uma descarga elétrica no fio em que estavam descansando, na área externa da estação.

Dois dos papagaios conseguiram voar, mas um terceiro ficou desfalecido no local. Foi quando Rios lembrou do treinamento de primeiros socorros pelo qual todos os funcionários do Metrô passam e conseguiu aplicar a massagem cardíaca no animal.

A ave foi reanimada com sucesso e encaminhada para o CeMaCAs (Centro de Manejo e Conservação de Animais Silvestres) da Prefeitura para ser reintegrada à natureza.

De acordo com o Metrô, o “Loro” passa bem.

 

 

Fonte: folhapress

Categorias
Noticias Pets

SOS Cães: Devido a pandemia, casal pede ajuda para cuidar de 25 cães

Cuidado de 25 cães o casal com muito amor e carinho, o casal Sr. Claudio e Dona Regina está precisando de ajuda para continuar cuidados dos pets. A maioria desses bichinhos foram abandonados no portão da casa deles o que tem acontecido até os dias de hoje. Alguns chegaram mal tratados, doentes e até deficientes. Todos eles sobrevivem apenas por meio de doações, pois o casal não tem aposentadoria.

Com a pandemia as doações que já eram minguadas as dificuldades de cuidar dos cães aumentaram. Para isso, estão pedindo ajuda, doação a que poder, principalmente ração para cães, alimentos, ou até doação em dinheiro que será para compra de mantimentos dos mesmos.
Estes bichinhos precisam de você, seja um anjo:

(11) 9.4395-9600
Estrada Elias Fischer, 205 – Bairro Palmeirinha – Juquitiba-SP

#ClickFato #Pets #SOSCaeseGatos #CaesSemDono #ONGCanina

Categorias
Geral Pets

Ana Bittar doa quadros para ação solidária Criadores do Bem

em ação solidária apoia e doa quadros para Leilão destinado aos funcionários e criadores de pets que estão passando por diculdades na epidemia .
A quarentena do Covid 19 acabou com o glamour das competições dos criadores pets, e os handlers ficaram praticamente desempregados.
Preocupados com essa situação, um grupo de criadores brasileiros organizaram uma ação chamada “Criadores do Bem” que irá promover dois leilões com rifas que irão ajudar os parceiros handlers que estão precisando de muito apoio neste momento de incertezas e dificuldades.
Todo dinheiro arrecadado será transferido para a CBKC (Confederação Brasileira de Cinofilia) e a mesma destinará para os profissionais que necessitam de auxílio.
O padrinho e leiloeiro oficial será o querido Julinho Casares, apresentador do Programa “Enquanto meu Dono Não Vem” da Record. Melhor escolha não há, Julinho é defensor da causa animal e amante dos Pets.

Os itens para os leilões variam bastante: jantar no Restaurante Libertango em Campos do Jordão, dois quadros da renomada artista e jornalista Ana Bittar, joias, vinhos, bolsas entre outros.
Muito prazeroso ver as meninas do Criadores do Bem engajadas em uma campanha onde o amor, amizade e solidariedade são os elementos principais para uma excelente causa.

Participem comprando as rifas e fiquem atentos aos dias dos leilões. Imperdível.
Acessem o link e saibam mais.
https://criadoresdobem2020.wixsite.com/criadoresdobem

#ClickFato #AnaBittar #CriadoresDoBem #Pets #ClaudeLopes

Categorias
Destaque Geral Pets

Campanha de doação de ração para cães e gatos passa a ser feita em drive-thru no ABC Paulista

A campanha de troca de garrafas pet por ração de cães e gatos começou a ser feita em Santo André, no ABC Paulista, nesta quarta-feira (10). A diferença é que agora, por conta das medidas restritivas de isolamento social provocado pela pandemia de coronavírus, a troca será feita no modo drive-thru, sem que o morador precise sair do carro.
O programa, batizado de Moeda Pet, já existia, mas agora passa a ser realizado no estacionamento do Paço Municipal de Santo André, na Praça IV Centenário, no Centro, das 10h às 15h. Segundo a Secretaria de Meio Ambiente, a iniciativa tem o objetivo de fazer com que as trocas das garrafas pelas rações seja feita da maneira mais rápida possível.
Para conseguir 1 kg de ração é preciso entregar 20 garrafas pet de dois litros ou 26 garrafas de um litro. Em caso da ração ser doada, ela será destinada para a União Andreense Protetora dos Animais (Uapa).
De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Fabio Picarelli, a mudança da campanha para o sistema drive-thru foi feito para garantir a segurança sanitária em tempos de pandemia.

Fonte: G1
Foto: Divulgação/Alex Cavanha

Categorias
Pets

Reserva natural troca ingressos por ajuda para os animais

Você já parou para pensar em como estão os animais nesses tempos de isolamento?

Os que estão em casa, estão abrigados por seus tutores, mas há uma série de outros que vivem em reservas e parques ecológicos que precisam de atenção nesse período, já que, embora não transmitam a doença, precisam continuar se alimentando e sendo cuidados.

E um desses locais é o Parque Della Vittoria, em Itapevi, São Paulo.

Fechado desde o anúncio da pandemia, o local é uma reserva natural que abriga inúmeras espécies, como búfalos, burros, cabras, bodes, carneiros, ovelhas, cavalos, coelhos, gansos, jumentos, patos, porcos, vacas, touros, galinhas, dentre outros.

E para ajudar a manter o local e os animais, o Clubinho de Ofertas fez uma parceria com o parque para ajudar durante o isolamento.

Ingressos para serem usados até o final de 2020

Os ingressos estão sendo vendidos pelo valor simbólico de R$15 cada e poderão ser utilizados em qualquer época do ano depois que acabar o período de reclusão.

Para comprar e ajudar, basta entrar no Clubinho de Ofertas e acessar a atração.

Vale lembrar que este valor está sendo oferecido apenas pelo Clubinho de Ofertas.

Acesse agora: www.clubinhodeofertas.com.br/sao-paulo/parque-della-vittoria-ajuda-aos-animais-covid-19-1280

#parquedellavittoria #clubinhodeofertas #animais

Categorias
Geral Pets

Vira-Latas são os cães favoritos dos paulistanos

Antigamente, era comum associar cães sem raça definida com animais de rua, tanto que a alcunha “vira-lata” foi criada. Mas hoje, tal ideia não é mais tão difundida, até por que esses peludinhos estão presentes em 41% dos lares brasileiros. Em relação à cidade de São Paulo, são mais de 61 mil cães SRD cadastrados na DogHero , maior empresa de serviços para pets da América Latina que, através do site e app, conecta quem tem animal de estimação a uma comunidade de passeadores, pet sitters e anfitriões escolhida a dedo. Segundo o PetCenso 2019, levantamento anual feito pela empresa que reúne dados sobre os principais nomes e raças de cachorros e gatos dos brasileiros, os vira-latas correspondem a mais de 29% dos cachorros cadastrados em São Paulo.

Em segundo lugar, vem a raça Shih Tzu (11,34%) e na sequência está o Yorkshire Terrier (6,31%), o que mostra o apreço dos paulistanos pelas raças de porte pequeno. No ranking deste ano, o Golden Retriever aparece apenas na 6ª posição. Além disso, o PetCenso revela que não há preconceitos contra raças consideradas “ferozes”. Raças como American pit bull terrier, Chow Chow e Rottweiler estão no Top 30 do levantamento.

Filhotes & Cães idosos
Dentre os mais de 200 mil cães cadastrados na cidade de São Paulo, cerca de 16,6% tem dois anos de idade. Em seguida, há cachorros de três anos (14,2%), quatro anos (9,4%) e de um ano (7,7%). Porém, os cuidados com o animal de estimação não se restringem apenas aos filhotes. Os peludinhos idosos – com idade acima de oito anos – também representam uma parcela significativa do PetCenso: mais de 22 mil animais cadastrados. Dentre as idades de 11 a 17 anos, os cães com treze anos são predominantes (5,7%).

Nomes Populares
Nomear o novo integrante da família pode não ser uma tarefa fácil. Alguns tutores buscam nomes diferentes ou com referência à cultura pop. Outros, observam o cão durante um tempo para criar o nome que mais combine com ele. Por fim, há até mesmo aqueles que gostam de dar nomes “de gente”. Mas independente do jeito usado, alguns nomes são mais comuns e não é raro encontrar cachorros xarás. Confira os nomes mais populares dos peludinhos de São Paulo:
Mel, Nina, Thor, Luna, Mag, Luke, Amora, Lola, Bob e Teo.

#ViraLatas #Pets #PetCenso2019 #DogHero

Categorias
Pets

Vira-Latas são os cães favoritos dos paulistanos

Antigamente, era comum associar cães sem raça definida com animais de rua, tanto que a alcunha “vira-lata” foi criada. Mas hoje, tal ideia não é mais tão difundida, até por que esses peludinhos estão presentes em 41% dos lares brasileiros. Em relação à cidade de São Paulo, são mais de 61 mil cães SRD cadastrados na DogHero , maior empresa de serviços para pets da América Latina que, através do site e app, conecta quem tem animal de estimação a uma comunidade de passeadores, pet sitters e anfitriões escolhida a dedo. Segundo o PetCenso2019, levantamento anual feito pela empresa que reúne dados sobre os principais nomes e raças de cachorros e gatos dos brasileiros, os vira-latas correspondem a mais de 29% dos cachorros cadastrados em São Paulo.

Em segundo lugar, vem a raça Shih Tzu (11,34%) e na sequência está o Yorkshire Terrier (6,31%), o que mostra o apreço dos paulistanos pelas raças de porte pequeno. No ranking deste ano, o Golden Retriever aparece apenas na 6ª posição. Além disso, o PetCenso revela que não há preconceitos contra raças consideradas “ferozes”. Raças como American pit bull terrier, Chow Chow e Rottweiler estão no Top 30 do levantamento.

Filhotes & Cães idosos

Dentre os mais de 200 mil cães cadastrados na cidade de São Paulo, cerca de 16,6% tem dois anos de idade. Em seguida, há cachorros de três anos (14,2%), quatro anos (9,4%) e de um ano (7,7%). Porém, os cuidados com o animal de estimação não se restringem apenas aos filhotes. Os peludinhos idosos – com idade acima de oito anos – também representam uma parcela significativa do PetCenso: mais de 22 mil animais cadastrados. Dentre as idades de 11 a 17 anos, os cães com treze anos são predominantes (5,7%).

Nomes Populares

Nomear o novo integrante da família pode não ser uma tarefa fácil. Alguns tutores buscam nomes diferentes ou com referência à cultura pop. Outros, observam o cão durante um tempo para criar o nome que mais combine com ele. Por fim, há até mesmo aqueles que gostam de dar nomes “de gente”. Mas independente do jeito usado, alguns nomes são mais comuns e não é raro encontrar cachorros xarás. Confira os nomes mais populares dos peludinhos de São Paulo:

• Mel;
• Nina;
• Thor;
• Luna;
• Mag;
• Luke;
• Amora;
• Lola;
• Bob;
• Teo.

#ClickFato #Pets #PetCenso

Categorias
Pets

Pet shops organizam bloquinhos de Carnaval para cães

No carnaval pet, destacam-se também as boas ações. Alguns bloquinhos vão receber doações de ração ou remédios, por exemplo, que serão destinados a organizações ou abrigos de proteção animal.

A folia dedicada aos animais de estimação podem ocorrer em espaços abertos ou fechados. Alguns pet shops organizam eventos nos próprios espaços ou em rua próxima. Praças e parques em que cães são bem-vindos podem receber essa festa também. Informe-se na sua cidade para ver se há algo desse tipo. Abaixo, o E+ selecionou alguns bloquinhos para os pets:

SÃO PAULO
Amigos Pet
Dia 23 de fevereiro, a partir das 10h, na Santa Cecília. O roteiro parte da Rua Major Sertório, seguindo pelas ruas Cesário Mota Junior, General Jardim, Doutor Vila Nova e retornado à via de início.

#ClickFato #CarnaPet

Categorias
Destaque Pets

Cachorra é adotada por time após invadir jogo de futebol

O Atlético San Luís tem um reforço para o Campeonato Mexicano 2020. Não se trata de nenhum jogador, mas de uma mascote especial. A cachorra Tunita invadiu o gramado de uma partida da equipe de futebol e, ao invés de ser retirada à força, como geralmente acontece para que o jogo seja recomeçado, foi adotada pelo clube.

Antes de adotar a vira-lata e transformá-la em mascote, o San Luís procurou nas redes sociais pelo verdadeiro dona da cachorra. Sem sucesso, e depois da vitória por 2 a 1 sobre o Cruz Azul, o clube então optou por ficar com a cachorra. Mais do que isso, hoje Tunita é um símbolo do clube e participa até de campanhas na internet.

 

Fonte: R7