Home Angels Santa Cecilia – Como cuidar de Idosos com Demência 

Tarefas diárias podem se tornar grandes desafios para idosos diagnosticados com Demência. Uma das maiores dificuldades que os cuidadores enfrentam é lidar com os comportamentos inadequados do paciente com demência. Porém boas estratégias ajudam a lidar com comportamentos difíceis e evitam situações estressantes.

A demência é considerada um declínio progressivo da memória com consequências nas funções cognitivas e intelectuais. Diante das limitações que a doença acarreta aos idosos, estes passam a depender do cuidador para auxiliar/supervisionar/executar as atividades de vida diária.

Para falar sobre esse assunto, conversamos com a supervisora, Maria Zenaide, da Home Angels cuidadores de Pessoas. Ela explica, que  oferece um treinamento aos cuidadores para capacita los, a mergulhar no universo do idoso que tá com demência e  identificar aquele momento de lembranças, na escola, com a família, amigos ou parentes no passado, e inicia um diálogo com o idoso para trazer as lembranças para o presente aos poucos. Mas às vezes ele consegue trazer a memoria para o momento atual, em outras vezes não. Essa forma de agir gera menos stress, tanto para o idoso, quanto para o cuidador. Por tentativa e erro você vai descobrir o que funciona. Mas, Todo esse processo tem muito haver com a aceitação do problema do idoso que na maioria das vezes, não acontece por conta dos sentimentos ou das situações vividas no dia a dia. Atividades básicas do paciente (como vestir, tomar banho, comer) podem se tornar um verdadeiro desafio. Ter uma rotina ou planejamento do dia pode ajudar. É importante salientar que cada pessoa com demência é única e vai responder de forma diferente às estratégias utilizadas. Além disso, o comportamento dos pacientes com demência pode mudar ao longo do estagio da doença. A mudança é constante e para o cuidador é muito importante que ele esteja aberto a uma adaptação constante.

O Serviço da Home Angels Santa Cecilia, é exatamente isso, preparar o cuidador para que ele esteja apto a exercer a função e faz a supervisionar semanalmente o idoso, observando todos os cuidados. ”As mudanças vão ocorrendo constantemente, por isso a importância do acompanhamento da supervisora, pois muitas vezes o cuidador familiar, quer seguir os cuidados implantados e nem sempre é possível, porque algumas famílias não estão aptas profissionalmente e preparadas emocionalmente para tomar conta de pessoas com idade avançada, da maneira adequada”, finaliza Maria Zenaide.

 

#clickfato #santacecilia #homeangelssantacecilia #cuidadoresdeidosos #cuidadoresdepessoa

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

LEIA TAMBÉM

Newsletter

Cadastre seu e-email e receba novidades.

Ⓒ Click Fato 2012 – 2021 | Desenvolvido por MAVICA