Embraer entrega o primeiro Phenom 100EV, a evolução de um dos jatos executivos leves mais vendidos da indústria
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Embraer Aviação Executiva entregou o primeiro jato Phenom 100EV, no dia 31 de março, para um cliente não revelado dos Estados Unidos. A nova aeronave foi certificada pela ANAC, no Brasil e a americana FAA. Evolução do Phenom 100, que chegou ao mercado em 2008, o Phenom 100EV oferece um desempenho superior com novos aviônicos e motores modificados. 

“A chegada do Phenom 100 ao mercado em 2008 estabeleceu um novo padrão para a indústria, elevando as expectativas dos clientes a respeito de um jato executivo leve”, disse Michael Amalfitano, CEO da Embraer Aviação Executiva. “A evolução do nosso primeiro projeto totalmente dedicado para a aviação executiva reflete nosso comprometimento em ouvir os clientes para continuar oferecendo aeronaves revolucionárias e com mais valor para o mercado”. 

A aclamada suíte aviônica Prodigy Touch, que foi apresentada ao mercado pelo jato Phenom 300, agora equipa também o novo Phenom 100EV. Os motores PW617F1-E da Pratt & Whitney, do Canadá, modificados, oferecem mais velocidade e desempenho superior, principalmente em operações em aeroportos localizados em grandes altitudes e elevadas temperaturas. 

Com mais de 350 aeronaves voando em 37 países, o Phenom 100 é reconhecido por pilotos-proprietários, corporações, empresas de fretamento e de propriedade compartilhada por ter sido projetado para alta utilização e baixos custos operacional e de manutenção. A aeronave é também considerada a ideal para preparação de pilotos em operações multimotor e tem sido utilizada por academias de treinamento de voo em todo o mundo.

Sobre o Phenom 100EV

O Phenom 100 EV tem motores Pratt & Whitney Canada PW617F1-E, com 1.730 libras de empuxo, chegando a 405 nós (750 km/h) em velocidade de cruzeiro e até 15% mais empuxo em aeroportos elevados e com altas temperaturas, o que equivale a mais alcance e menor tempo de subida. A aeronave tem alcance de 1.178 milhas náuticas (2,182 km) com quatro passageiros e reservas NBAA IFR.

A cabine de comando permite operação com um só piloto, com alerta situacional elevado pela interface homem-máquina da aviônica Prodigy Touch, baseada no Garmin G3000, com painéis maiores e de alta resolução, telas divisíveis e novo radar meteorológico.

O Phenom 100 EV é a evolução da aeronave mais espaçosa de sua classe, com melhorias no interior, tais como novo perfil do corredor para aumentar o espaço e tomadas reposicionadas com carregadores USB. A aeronave apresenta onze opções de design do interior, luz natural abundante a partir de amplas janelas, inclusive no lavabo privativo, um recurso tipicamente visto somente em aeronaves maiores, assim como no caso do compartimento de bebidas, a escada integrada e o maior compartimento de bagagem de sua classe.

 

Sobre a Embraer

Empresa global com sede no Brasil, a Embraer atua nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola. A empresa projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer suporte e serviços de pós-venda.

Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 130 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

Claudê Lopes
Claudê Lopes
Baiano de Itiúba, radicado em São Paulo há mais de 30 anos. Repórter, Web Designer, Produtor e Editor de conteúdo, Consultor Musical, Roteirista, Redator e Diretor de programa de Televisão.
%d blogueiros gostam disto: