Cia. Os Crespos apresenta trilogia de espetáculos na Galeria Olido
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Além do Ponto 11

Cia. Os Crespos apresenta três espetáculos que integram a pesquisa do projeto Dos Desmanches aos Sonhos – Poética em Legítima Defesa. A trilogia acontece nos dias 13, 14 e 15/06  com  “Além do Ponto”, “Engravidei, pari cavalos e aprendi a voar sem asas” e “Cartas à Madame Satã ou me desespero sem notícias suas”. As peças serão apresentadas na Galeria Olido, região central da cidade.

Desde 2013, Os Crespos vêm desenvolvendo pesquisas de campo, entrevistas e palestras para com o objetivo de obter material para propor discussão e debate cênico para a construção de uma cena teatral de abordagem racio-social, que articule a experiência existencial do negro a partir de sua afetividade, abordando aspectos como o corpo, alteridade, família, sexo, marginalidade, beleza e valorização.

 

No dia 13, às 20h:  Além do Ponto, sob direção de José Fernando de Azevedo.Trata-se do primeiro espetáculo trilogia, juntamente com as pesquisas sobre mulheres negras e Afro Homo-afetividade. A partir da perspectiva do impacto da escravidão na forma de amar da população brasileira surgiu o argumento da primeira montagem: Um casal em separação tenta entender suas dificuldades de viver e enfrentar o amor.

Dia 14, às 20h, Engravidei, Pari Cavalos e Aprendi a Voar Sem Asas, sob direção de Lucélia Sergio. Considerando questões como relações com o corpo, traumas psicológicos, violência masculina, sexo, sobrevivência e aferição social, a montagem é baseada em depoimentos e experiências reais de 55 mulheres negras entrevistadas em 2013 pelo Coletivo.

Os depoimentos foram dados por mulheres de diversas camadas sociais e profissões: integrantes do sistema prisional, donas de casa, sambistas, religiosas de matrizes africanas, empresárias, líderes comunitárias, prostitutas, entre outras. A peça propõe dar voz e rever os estereótipos sobre a mulher negra, construindo uma nova relação de alteridade e valorização.

Dia 15, às 18h, a trilogia encerra com  Cartas à Madame Satã ou Me Desespero Sem Notícias Suas, também dirigido por Lucélia Sergio. O espetáculo parte da pesquisa sobre a homoafetividade de homens negros, sua sociabilidade diante dos estereótipos sexuais de virilidade que cerceiam sua experiência afetiva. A personagem, em tom confessional, mescla a força do gesto com a delicadeza do discurso, buscando a cumplicidade do espectador para tornar público uma afetividade cercada de tabus.

São histórias ou pedaços de histórias que ganham vida na pele da personagem (Sidney Santiago), que é um ator, e que portanto pode viver muitas vidas. Ele se corresponde com a figura mítica de Madame Satã, através dessas histórias, ao mesmo tempo que constrói imagens e discursos sobre elas.

Serviço:

Trilogia Dos Desmanches aos Sonhos – Poética em Legítima Defesa
Galeria Olido
Avenida São João, 473, tel. (11) 3397-0171
De 13 a 15 de junho
Sexta e sábado, às 20h; domingo, às 18h
R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia)

Mauro Tajra
Mauro Tajra
Jornalista, Radialista, Apresentador, Produtor de rádio e TV. Editor do site Click Fato.
%d blogueiros gostam disto: