Celulite: É hora de prestar atenção na gravidade do tema
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Paulo Gelatti conhecido como “rei do emagrecimento” desenvolve novo método que vai acabar com a celulite

De maneira esclarecedora e direta, Paulo Gelatti conhecido como o rei do emagrecimento por milhares de pessoas, hoje lança um novo tratamento revolucionario para o combate e tratamento da celulite. Mas você sabe o que é celulite? No tecido gorduroso existem também as fibras, que separam os grupos de lipócitos. É por causa das características destas fibras que as mulheres desenvolvem celulite e os homens não. Nas mulheres as fibras são finas e perpendiculares a pele, ligando a pele ao tecido muscular mais profundo. Nos homens as fibras são mais grossas e se ligam à musculatura de forma oblíqua.

Quando aumenta o tamanho do tecido gorduroso na mulher por causa da acumulação de gordura, este tecido se expande em direção à pele e quando o mesmo acontece no homem, as fibras resistem à expansão em direção à pele e dirigem o tecido gorduroso em direção a profundidade, não aparecendo assim as irregularidades da celulite.

O tecido gorduroso aumentado, comprime as veias e linfáticos passando à existir então um edema (inchaço) que aumenta ainda maiso volume do tecido, piorando o processo de celulite. O hormônio feminino dirige mais gordura para regiões preferenciais como o quadril, e alteram a parede das microveias, piorando mais as condições circulatórias e agravando a celulite, em um ciclo vicioso que agora se inicia, e se não tratado tende à perpetuar. Os estágios de celulite vão acontecendo, desde o estágio I quando existe apenas um aumento de volume das células, com um pequeno edema, até estágios mais avançados, onde ocorre uma completa desorganização do tecido gorduroso com aparecimento de nódulos e depressões (buraquinhos).

Para explicar melhor o tratamento, Paulo mostra os 4 estágios da celulite:

Estágio 1 da celulite: Acontece um aumento de volume das células do tecido gorduroso na região afetada ocasionado por acúmulo de gordura dentro da célula. Não existe alteração circulatória e dos tecidos de sustentação, apenas uma discreta dilatação das pequenas veias do tecido gorduroso. Não há sinais visíveis na pele e nem dor.

Estágio II da celulite: As células gordurosas ficam um pouco mais cheias de gordura, e as que ficam na parte mais profunda começam a sofrer o mesmo processo. Já aparece um certo grau de fibrose, que se piorar, começa à formar micronódulos na fase seguinte. Na pele já é possível se observar irregularidades à palpação e ainda não existe dor.

Estágio III da celulite: 
As células continuam aumentando de volume por causa da contínua aquisição de gordura. Ocorre uma desordenação do tecido e aparecimento dos nódulos que apesar de mais profundos, são vistos como irregularidades na superfície da pele, mesmo sem palpação. Começa a existir uma fibrose, que é o endurecimento do tecido de sustentação (onde estão as fibras) e a circulação fica ainda mais comprometida. Pode aparecer os vasinhos e microvarizes. A pele tem o aspecto parecido com “Casca de Laranja”.

Estágio IV da celulite: 
O inchaço desordenado das células gordurosas é acentuado, o tecido de sustentação se torna mais endurecido (fibroesclerose) e a circulação de retorno está muito comprometida. Nesse estágio, a celulite é dura e a pele fica “lustrosa”, cheia de depressões, com aspecto acolchoado. As pernas ficam pesadas, inchadas, doloridas e a sensação de cansaço está freqüentemente presente, mesmo sem esforço. Aparecem os aspectos anteriores já descritos e surgem os “Buracos Negros”, que são regiões de circulação diminuída, representando uma coalizão de vários micronódulos em macronódulos e a presença de significativa fibrose.

celulite pode se localizar em várias regiões do corpo. Existe uma predileção pela região glútea, a região lateral da coxa, a face interna e posterior da coxa, o abdômen, a nuca, a parte posterior e lateral dos braços e a face interna dos joelhos. Mas em pessoas predispostas, pode atingir até mesmo os tornozelos.

Combatendo a celulite

Paulo Gelatti garante que o novo tratamento para celulites criado e desenvolvido pela Good Vibe, elimina de forma eficaz os indesejáveis “furinhos”. “A cliente ficará deitada e irá simular uma corrida, é um circuito de treinamentos em termos de gastos calóricos. A técnica é a mistura de treinamento híbrido com estética. Vai revolucionar tudo o que já existe no mercado estético em tratamentos para celulite. Uma sessão chega a queimar mais de 7000 kcal.” explica Paulo.

 

Imprensa e convidados receberão convite para o lançamento nacional do tratamento em São Paulo, no inicio de maio.

 

www.emagrecergoodvibe.com.br

 

Claudiana Rosário
Claudiana Rosário
Jornalista e assessora de imprensa.
%d blogueiros gostam disto: