Categorias
Carnaval Cultura Geral

Sesc Pinheiros traz programação especial durante o Carnaval

Em clima de folia, o Sesc Pinheiros promove uma programação especial de Carnaval para toda a família.

Nos dias 22 e 23, a Banda Estralo homenageia a cantora Carmen Miranda com repertório que inclui sucessos como “O que é que a baiana tem” e “Aquarela do Brasil”. A outra metade do show inclui os arranjos do grupo para as músicas “País Tropical” (Jorge Benjor), “Bola de Meia Bola de Gude” (Milton Nascimento) e “Não é Proibido” (Marisa Monte). Essas versões, presentes no álbum Estórias de Cantar, renderam à banda a indicação na categoria ‘Melhor Álbum Infantil’ do 27º Prêmio da Música Brasileira.

E é claro que as marchinhas não podem faltar.  A banda Sandália de Prata apresenta o show Outros Carnavais, em que interpreta marchinhas, como “Cidade Maravilhosa” e sambas clássicos de Cartola, Nelson Cavaquinho, Noel Rosa, e Ary Barroso, entre outros. Com Uli (voz), Dado Tristão (teclados), Ocimar de Paula (contra-baixo), Everson Gama (guitarra), Wendel Soares (bateria), Tito Amorim (percussão), João Lenhari (trompete), Jorginho Neto (trombone) e Raphael Ferreira (saxofone).

Veja a programação completa:

CONFETE NATURAL

Produção de confetes naturais feitos a partir de folhas e flores secas e vários tipos de furadores. Com Fábia Branco, Marcela Pupatto e Priscila Quedas.

De 22 a 25/2 | Sábado a terça, às 10h30.

Local: Espaço de Tecnologias e Artes – 3º andar.

Vagas limitadas – inscrições no local.

Grátis.

 

ATRAVÉS DAS ÁGUAS

Usando materiais variados e muita criatividade, os participantes poderão produzir figurinos, adereços e maquiagens para curtir o Carnaval. Com Pat Borges.

De 22 a 25/2 | Sábado a terça, às 11h.

Local: Sala de Oficinas 1 – 2º andar.

Vagas limitadas – inscrições no local.

Grátis.

 

BANDA ESTRALO CANTA CARMEM MIRANDA

O espetáculo homenageia a cantora luso-brasileira, Carmem Miranda, célebre por suas versões únicas de canções como “Tá-hi!”, “Mamãe eu quero”, “Alô-Alô”, “Bambu-Bambu” e “Tic-Tac do meu Coração”; sucessos nas décadas de 20, 30 e 40.

Com o pensamento de levar conhecimento musical às crianças, a banda Estralo criou arranjos para as canções com narrativas teatrais que dão ao show uma cara de história infantil.

Dias 22 e 23/02 | Sábado e domingo, às 12h.

Local: Praça.

Grátis.

 

CORTEJO: ARRASTÃO MUSICAL

A partir das influências dos desfiles dos blocos e cortejos populares, o Núcleo Batuntã apresenta em suas composições, os tambores do Maracatu misturados com técnicas do flamenco espanhol, do drum’n’bass, das levadas de djembês africanos e dos arranjos vocais, numa explosão musical ao vivo pelo mestre do apito.

O grupo cria ainda novos sons e timbres derivados da percussão corporal e de objetos inusitados como canos de pvc, pneus, garrafas, peças de carro ou eletrodomésticos, entre outros.

Dias 22 e 23/02 | Sábado e domingo, às 14h e às 15h.

Local: Praça.

Grátis.

 

FOLIA DE CABEÇA FEITA

Os participantes aprenderão, passo a passo, a customizar acessórios, como tiaras, brincos e enfeites de cabelo, com muito estilo, para brilhar e brincar no Carnaval. Com Carnaval das Pretas.

De 22 a 25/2 | Sábado a terça, às 14h30.

Local: Sala de Oficinas – 2º andar.

Vagas limitadas – inscrições no local.

Grátis.

 

SANDÁLIA DE PRATA – MARCHINHAS E SAMBAS

A banda Sandália de Prata apresenta o show Outros Carnavais, interpretando marchinhas, como “Cidade Maravilhosa”, “Sassaricando”, “A Estrela Dalva” e sambas clássicos de Cartola, Nelson Cavaquinho e Noel Rosa, além de sambas-enredo consagrados.

Dias 22 e 23/02 | Sábado e domingo, às 16h.

Local: Praça.

Grátis.

 

BANDA GLÓRIA PARA CRIANÇAS

No cenário musical há mais de 20 anos e com um refinado repertório de música brasileira, a banda Glória encanta os foliões num Bailinho para todas as idades.

Dias 24 e 25/02 | Segunda e terça, às 12h.

Local: Praça.

Grátis.

 

CORTEJO: BRINCADEIRAS DE CARNAVAL

Intervenção itinerante em formato de cortejo, em que artistas circenses e músicos fazem um resgate das tradicionais marchinhas de Carnaval, números circenses e muita diversão. Com Cia K.

Dias 24 e 25/02 | Segunda e terça, às 14h.

Local: Praça.

Grátis.

 

BANDO DA RUA

O grupo Bando da Rua reúne músicos preocupados em dar continuidade a um trabalho de divulgação da Música Popular Brasileira, cantando e contando a história de alguns sucessos e de seus compositores.

Dias 24 e 25/2 | Segunda e terça, às 16h.

Local: Praça.

Grátis.

 

SERVIÇO
Sesc Pinheiros – Rua Paes Leme, 195
Bilheteria: Terça a sábado das 10h às 21h. Domingos e feriados das 10 às 18h
Tel.: 11 3095.9400
Estacionamento com manobrista: Terça a sexta, das 7h às 21h30; Sábado, das 10h às 21h30; domingo e feriado, das 10h às 18h30. Taxas / veículos e motos: para atividades no Teatro Paulo Autran, preço único: R$ 12 (credencial plena do Sesc) e R$ 18 (não credenciados).Transporte Público: Metrô Faria Lima – 500m / Estação Pinheiros – 800m

Categorias
Geral Musica

Sesc Pompeia recebe KARNAK com lançamento do seu novo álbum “NIKODEMUS”

Nos dias 24 e 25 de janeiro, a Comedoria do Sesc Pompeia recebe a banda Karnak com seu show“Nikodemus”. Com 27 anos de estrada, o grupo paulistano se apresenta às 21h30 na quinta-feira e 18h30 na sexta-feira.

Do primeiro show em 1992 até 2002, o grupo esteve na estrada pelo Brasil e exterior – Summerstage no Central Park em Nova York, Parc de La Villette/ Paris e cidades no Canadá. Depois seus integrantes se envolveram em trabalhos solos, mas sempre voltam a se reunir uma vez por ano para comemorar o aniversário da banda e manter acessa a alma karnakiana.

O show ópera rock Nikodemus apresenta novas músicas onde a banda toca os sucessos que marcaram época como “Alma Não Tem Cor”, “O Mundo”, “Juvenar” e “Comendo Uva na Chuva”.

 

Sinopse de Nikodemus

Tudo começa quando uma garotinha de 9 anos narra uma história através da ópera rock Nikodemus. Nikodemus é um  gênio que cria os objetos que ainda não existem, mas um dia vai existir.

O Rei Nikodemus tem que enfrentar o maléfico Bomb Bad Ratus, um sujeito mau caráter e suas traiçoeiras artimanhas pelo jogo do poder.  Para contar essa história, a banda produziu uma ópera rock em 5 partes inspirada num clássico do gênero como Tommy/ The Who, somado a pitadas karnakianas de Zappa e a mixologia sonora contundente de André Abujamra.

Karnakianos que estão no reino de Nikoidemus:

Rei Nikodemus:  André Abujamra – Guitarra e voz

Bomb Bad Ratus : Mano Bap – Guitarra

Macaco Azul da Galicéia: Eron Guarnieri – Teclados

Bowie Blader Bilder: Marcos Congento – Voz e flauta

Carneirus Sandalus de Barretus : Carneiro Sandalo – Bateria

Ikuki Astrolarski : Kuki Stolarski – Bateria

Cabelus, mago hierofante: Eduardo Cabelo – Guitarra

Sergius Bartoldus III: Sergio Bartolo – Baixo

Pompeu Marcelus: Marcelo Pereira – Sax e voz

Tico Trombonuliu: Tiquinho – Trombone

O Lançamento do álbum “Nikodemus”, distribuído pela Tratore, acontece a partir de 17 de janeiro de 2020 em todas plataformas digitais e CD.

 

SERVIÇO:

Karnak – Lançamento do novo álbum Nikodemus

Dia 24 e 25 de janeiro de 2020 sexta e sábado, às 21h30 e 18h30

Comedoria

*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 60 minutos de antecedência ao início do show.

 

Ingressos: R$9 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$15 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$30 (inteira).

 

Venda online a partir de  14 de janeiro, terça-feira, às 12h.

Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 15 de janeiro, quarta-feira, às 17h30.

Categorias
Cultura

Nomes da literatura periférica apresentam Sarau Erótico no Sesc 24 de Maio

 No dia 12 de maio, às 18h, artistas apresentam, no Sesc 24 de Maio, o Sarau Erótico Nuance de Libido, que consiste em uma roda de conversa sobre esse tipo de poesia, e apresentações, nas quais os públicos são convidados a intervir com suas criações e ideias artísticas. O evento é gratuito e acontece no Espaço de Tecnologias e Artes (ETA).

 Com a presença de autores influentes na literatura negra, o encontro possui uma abordagem étnico-racial e periférica. Estarão presentes os poetas Akins Kintê e Nina Silva, autores do livro “IncorPoros Nuances de Libido”, sobre a presença negra na literatura erótica brasileira, cuja segunda edição será lançada no dia. A mediação do sarau será feita pela poetisa Jenyffer Nascimento, autora do livro Terra Fértil (2014), que aborda o amor negro, as diferenças sociais e o orgulho da própria origem. A obra expõe cenas de machismo e racismo no cotidiano.

 Além disso, o sarau conta com a discotecagem do DJ Edimilson, que atua nos bailes e saraus das periferias paulistanas. Ele é integrante do Sarau Elo da Corrente.

A iniciativa faz parte do projeto Conexão Poética em SP, do Sesc 24 de Maio. A cada mês, a unidade recebe um sarau ou slam de diferentes regiões da cidade, apresentando a diversidade da literatura marginal e periférica da cidade. Nesta edição, a iniciativa visa discutir o erotismo à luz de questões de gênero, raça e do feminismo.

 

Serviço

Sarau Erótico Nuance de Libido

Data: 12 de maio. Sábado, 18h às 20h

Local: Espaço de Tecnologias e Artes (ETA) | 4º andar

Ingressos: gratuito

Duração: 2 horas

Classificação: a partir de 18 anos

 

SESC 24 DE MAIO

Rua 24 de Maio, 109, Centro, São Paulo

Fone: (11) 3350-6300

 

Horário de funcionamento da unidade:

Terça a sábado, das 9h às 21h.

Domingos e feriados, das 9h às 18h.

Categorias
Musica

Banda Inocentes Comemora mais de 35 anos de punk rock no SESC 24 DE MAIO

Nos dias 2 e 3 de maio (quarta, às 21h; quinta, às 15h e às 21h), a banda Inocentes sobe ao palco do teatro do Sesc 24 de Maio. Com canções históricas de seu repertório, a apresentação conta com a participação de Ariel, Mauricinho, Callegari e Marcelino – parceiros de início da banda.

Destaque no cenário do movimento punk rock nacional, o grupo Inocentes surge em 1981 na periferia de São Paulo. Ao longo de sua trajetória foi formado por diferentes integrantes. Aformação atual data de 1995 e tem Anselmo Monstro no baixo, Nonô na bateria, Ronaldo Passos na guitarra e Clemente na guitarra e na voz.

Com mais de 20 álbuns, entre lançamentos e compilações, a coletânea Grito Suburbano e o EP Miséria e Fome se destacam na história da banda. A primeira, lançada em 1982, tem 12 faixas e reúne as agrupações Olho Seco, Cólera e Inocentes. Trata-se de importante marca na música nacional, já que é o primeiro registro do segmento punk em solo brasileiro. Já o EP, ficou conhecido por ter todas as suas 13 faixas censuradas. O trabalho viria a ser lançado no formato de LP anos depois, em 1988, apenas após o fim da ditadura.

A história dos Inocentes se reflete diretamente no período histórico de afirmação do estilo e por esse motivo é comemorada. Para o show do Sesc 24 de Maio a banda convida ex-integrantes que foram membros fundadores da banda ao lado de Clemente e fizeram história junto do grupo: Mauricinho (primeiro vocalista), Ariel (segundo vocalista), Callegari (guitarrista) e Marcelino (baterista).

 

Serviço:

Inocentes. Participações: Ariel, Mauricinho, Callegari e Marcelino

Data: 2 e 3/5 (quarta e quinta-feira)

Horário: Quarta, 21h. Quinta, 15h e 21h

Local: Teatro – 1º subsolo (216 lugares)

Ingressos: R$ 30 (inteira); R$ 15 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência); R$ 9 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes).

Ingressos à venda a partir de 24/04, às 17h30, no portal sescsp.org.br e 25/04, às 17h30, nas bilheterias das unidades da rede Sesc SP. Venda limitada a 4 ingressos por pessoa.

Duração: 90 minutos

Classificação:16 anos

 

 SESC 24 DE MAIO

Rua 24 de Maio, 109, Centro, São Paulo

Fone: (11) 3350-6300

Categorias
Cultura Musica

Sesc São Paulo promove a 8ª edição do Nublu Jazz Festival de 15 a 17 de março

O NUBLU JAZZ FESTIVAL, que já faz parte do calendário de festivais do Brasil, chega à sua oitava edição. Os shows nas unidades do Sesc Pompeia e São José do Campos começam a partir do dia 15 de março, com artistas de grande relevância para música mundial das últimas duas décadas.

Num recorte voltado para a Europa negra, destacam-se a aguardada cantora Neneh Cherry, o ícone do trip-hop Morcheeba e o emergente saxofonista Shabaka Hutchings, líder do projeto Sons of Kemet. Enfatizando a raiz africana, Seun Kuti vem acompanhado da banda Egypt 80, idealizada pelo criador do afrobeat, Fela Kuti, seu pai.

A presença feminina é outro foco. Além da já citada Neneh, as mulheres estão bem representadas por Skye Edwards, estrela do Morcheeba, e Bebel Gilberto, convidada especial do Nublu Sessions. Completando o elenco, Geanine Marques, apresenta G T’aime, seu mais recente trabalho, que passeia pelo folk, indie e bossa new romance. Os DJs Flavya, Ju Salty e Master San tocam nas pick-ups na abertura e nos intervalos durante o festival.

Consolidado desde a virada da década, o Nublu Jazz Festival vem reunindo artistas dos quatro cantos do planeta, reafirmando a identidade e essência múltipla e visionária do Nublu, originalmente um selo independente atrelado à casa nova-iorquina de mesmo nome. Fundado pelo músico e empreendedor sueco-turco Ilhan Ersahin, radicado no Lower East Side, o Nublu é um caldeirão cultural que acolhe artistas de diversos estilos, mestres da criação e da ousadia, celebrando a diversidade e a inovação.

MORCHEEBA [GBR]

Atualmente, o grupo é formado pela dupla Skye Edwards e Ross Godfrey, fundaram a banda em 1995, juntamente com Paul, irmão de Ros. Com uma sonoridade trip-hop isenta da estética dark dos demais ícones dessa cena, venderam mais de 10 milhões de cópias dos seus oito álbuns.

Skye tem uma voz bela e singular, que somada à guitarra psicodélica de Ross, torna-se uma experiência inesquecível. Embora o novo álbum do Morcheeba ainda esteja em produção, os fãs terão oportunidade de ouvir os clássicos dos anos 1990, que costumam ser apresentados no palco em grande estilo, com a maestria de quem contribuiu para a criação de um gênero musical.

NENEH CHERRY [SUE]

A cantora sueca Neneh Cherry volta para um show inédito, depois de sua única visita a São Paulo, em 1997. Rainha afropunk, antes mesmo do termo existir, ela traz influências que vão de Iggy Pop a MF Doom.

Seu disco de estreia, Raw Like Sushi, virou trilha instantânea das ruas europeias no final da década de 80, mas foi com a canção 7 Seconds, um dueto com Youssou N’Dour, que cantora se tornou mundialmente famosa.

Seu útimo álbum, Blank Project (2014), produzido pelo cultuado Four Tet, a inscreve na curta lista daqueles que podem passar dezesseis anos sem lançar um disco e não perder a relevância. A exemplo do seu pai de criação, Don Cherry, Neneh é uma artista de corpo e alma.

SONS OF KEMET [GBR]

Liderado pelo emergente saxofonista Shabaka Hutchings, o grupo Sons of Kemet foi formado em 2011 e já lançou três discos, sendo o mais recente Your Queen Is A Reptile.

Com a instrumentação centrada em tuba, bateria e sax, somada a spoken word, rap e elementos do dub, Sons of Kemet vai de New Orleans ao Caribe, de Londres ao Oriente Médio, numa verdadeira jornada sonora.

Esta é uma boa oportunidade para os fãs brasileiros do Shabaka & The Ancestors, projeto mais conhecido de Shabaka, verem e ouvirem de perto as famosas performances do músico.

SEUN KUTI & EGYPT 80 [NIG] 

O filho caçula de Fela Kuti apresenta-se com a Egypt 80, orquestra de baile que herdou aos 14 anos, após a morte do pai, em 1997. Desde então, vem preservando o legado do criador do afrobeat e lutando pelas causas sociais defendidas por Fela.

Este caminho que vem trilhando culmina em Last Revolutionary, álbum em que faz uma reflexão madura sobre suas crenças políticas e sociais. Apenas duas semanas após o lançamento mundial, este trabalho será apresentado em primeira mão no Nublu 2018.

NUBLU SESSIONS (ILHAN ERSAHIN, KENNY WOLLESEN & DAVE HARRINGTON) CONVIDA BEBEL GILBERTO [EUA/BRA]

O Nublu Sessions com Ilhan Ersahin, Kenny Wollesen e Dave Harrington segue bem o conceito do club/selo fonográfico que os nomeia: um encontro de músicos para criar algo novo.

Bebel Gilberto e Ersahin, apesar de já terem atuado juntos, tanto em Istambul, quanto em Nova Iorque, onde se conheceram na década de 1990, nunca dividiram antes um palco no Brasil. Esta ocasião, portanto, torna-se especial não só para os dois, mas também para celebrar o encontro com os demais integrantes do Nublu, já que são todos amigos.

Bebel se apresenta com o grupo em show inédito, em um clima de experimentação, refletindo exatamente o que o Nublu se tornou.

G T’aime [BRA]

G T’aime é o nome do novo trabalho da cantora e compositora Geanine Marques, conhecida pelo pioneirismo na relação com a sonoridade do trip-hop em terras brasilis.

 Elaborados com seu companheiro Rodrigo Bellotto, álbum e show trazem o clima delicado do amor e das (des)ilusões contemporâneas. São dez melodias compostas sem pressa, a princípio no piano e violão, com uma sonoridade folk e romântica, para embalar a madrugada. O disco foi produzido pelo sempre criativo Mauricio Takara, conhecido pelos trabalhos com Hurtmold, São Paulo Underground e tantas outras formações.

 DJ FlavYa [ALE/BRA]

Nascida na Alemanha, radicada nos Estados Unidos e em São Paulo, FlavYa tem uma vasta bagagem cultural. Morando boa parte de sua vida em diferentes lugares do globo, ela foi exposta a muitos tipos de comunidades musicais. Em sua carreira de nove anos como DJ, FlavYa apresentou-se em diversos espaços de Nova Iorque, São Paulo e outras capitais brasileiras. Seu estilo eclético é marcado pela mistura de MPB, funk, soul, disco e hip-hop.

DJ Ju Salty [BRA]  

Desde 2007, a DJ Ju Salty dedica-se a pesquisar a rica diversidade dos ritmos de matrizes africanas e suas influências pelo planeta. Ao misturar vários estilos de música negra em vinil, despontou numa época em que poucos ousavam trabalhar as vertentes africanas e latinas. Seus sets combinam ritmos como jazz, soul, original funk, rock’n’roll, rap, boogaloo, cúmbia, mambo, maracatu, carimbó, bossa nova, samba, afrobeat, samba-rock, tropicália e reggae, entre outros. 

DJ Master San [BRA]

Músico, pesquisador e produtor de trilhas, Master San tem como base de sua discotecagem as matrizes da cultura africana, jamaicana e norte-americana, mesclando afro-funk, nujazz, breakbeat, dub e batidas originais. Como músico, tocou com Flora Matos, Síntese, Espião & Sala 70, acompanhando a banda Projetonave. Como DJ e beatmaker, já abriu apresentações de nomes mundialmente relevantes, como Dam Funk, Robert Glasper, Marlena Shaw e Raekwon.

 Estúdio Laborg [BRA]

Pela sexta vez consecutiva, o Estúdio Laborg assina a videocenografia do Nublu Jazz Festival. Para essa edição, com o intuito de agregar novas possibilidades estéticas, o Laborg convida Priscilla Cesarino e Danilo Barros, do estúdio Modular Dreams, especializado na exploração da imagem eletrônica de forma analógica. 

 

SESC POMPEIA 

15 março (quinta)

20h30 DJ Ju Salty [BRA]

21h30 Seun Kuti & Egypt 80 [NIG]

22h45 Sons of Kemet [GBR]

 16 março (sexta)

20h30 DJ Master San [BRA]

21h30 G T’Aime [BRA]

22h45 Morcheeba [GBR]

 17 março (sábado) 
20h30 DJ FlavYa [ALE/BRA]

21h30 Nublu Sessions [Ilhan Ersahin, Kenny Wollesen

& Dave Harrington] convida Bebel Gilberto [EUA/BRA]

22h45 Neneh Cherry [SUE]

 

SESC SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

15 de março (quinta)

20h DJ Master San [BRA]

20h30 G T’Aime [BRA]

22h Morcheeba [GBR]

 16 março (sexta)

20h DJ FlavYa [ALE/BRA]

20h30 Nublu Sessions [Ilhan Ersahin, Kenny Wollesen

& Dave Harrington] convida Bebel Gilberto [EUA/BRA]

22h Neneh Cherry [SUE]

 17 março (sábado)

20h DJ Ju Salty [BRA]

20h30 Sons of Kemet [GBR]

22h Seun Kuti & Egypt 80 [NIG]

 *Videocenografia todos os dias por Laborg.

*As apresentações dos DJs ocorrem no início e no intervalo dos shows.

SERVIÇO

Sesc Pompeia | Comedoria

Rua Clélia, 93 – São Paulo/SP

Telefone: (11) 3871 7700

 

Sesc São José dos Campos | Ginásio

Av. Dr. Adhemar de Barros, 999 – São José dos Campos/SP

Telefone: (12) 3904 2000

 

 

Fonte: Batucada Comunicação

 

Categorias
Cultura

Sarau Pretas Peri na programação da mostra “Motumbá: Memórias e Existências Negras”

 

O SESC Belenzinho recebe no dia 18 de janeiro um sarau especial liderado pelas Pretas Peri, um coletivo de mulheres pretas da zona leste de São Paulo que desenvolvem diversas ações na periferia de São Paulo como oficinas, debates e mostra artística.

Normalmente o Sarau Pretas Peri acontece todo último domingo do mês no jardim Camargo velho, no Itaim paulista, zona leste, com microfone aberto para intervenções artísticas e tem como proposta valorizar e fortalecer a arte periférica. Em cada sarau são convidadas artistas de diversas áreas de atuação para pautar questões como machismo, racismo e compartilhar sua poesia no encontro. Integram o coletivo a atriz e poeta  Jô Freitas, a dançarina Juliana Jesus,  a  atriz e  poeta Tayla Fernandes e a Pedagoga Janaina Cintia.

O sarau no SESC faz parte da mostra ‘Motumbá: Memórias e Existências Negras’, uma programação especial da unidade Belenzinho iniciada em novembro passado  e que segue com várias atrações até março de 2017.  Durante janeiro o  evento contará com uma programação especial que discutirá o feminismo, as causas LBG e questões raciais.

Outras Atrações da mostra nos próximos dias de janeiro:

No dia 21  tem o show das Mulheres do Rap: Cris SNJ, Shirley Casa Verde, Stefanie Roberta e Yzalú, com participação especial da MC Luana Hansen. Todas elas vão se reunir no palco para apresentar canções próprias e fazer releituras  de sucessos do rap nacional.

Entre os dias 20 e 22 de janeiro, será exibido a seleção de filmes “A magia da mulher negra”, com curadoria de Kênia Freitas. Serão oito produções cinematográficas de diretoras negras, entre eles, a produção “Amor Maldito” (1984), de Adélia Sampaio, primeiro filme de longa-metragem dirigido por uma mulher negra no país e também o primeiro filme com temática lésbica.

Entre os dias 27 e 29, o coletivo teatral Cia Capulanas, formado por mulheres negras da zona sul, apresentará a peça Sangoma, que narra a história de seis mulheres que habitam uma casa sagrada com laços ancestrais. Estas mulheres romperam o silêncio e compartilham suas histórias de vida e seus caminhos para chegar à cura.

Já no dia 31, o encontro Escambo de Ideias aborda o tema Representação, Empoderamento e Protagonismo da Mulher Preta nas Artes em bate-papo com Cristiane Sobral, Renata Martins e Débora Marçal, com mediação de Sandra Camposno.

SERVIÇO:

O que:  Sarau Pretas Peri na mostra Motumbá: Memórias e Existências Negras
Onde: SESC BELENZINHO, na comedoria
Quando: quarta feira, 18/01
Horario: 20h
Endereço: Rua Padre Adelino , 1000

IMAGEM: Divulgação/PretasPeri/SESC BELENZINHO

Categorias
Cultura Geral

Sesc Santana apresenta filmes do diretor Orson Welles

De 07 a 28 de junho, terças, às 20h, o Sesc Santana exibirá filmes do diretor Orson Welles dentro do projeto Mr. Faker, Orson Welles e a autoria na indústria do cinema. Serão exibidos “A Dama de Shangai”, “Soberba”, “Cidadão Kane” e “Dom Quixote”, respectivamente, importantes filmes para entrar no universo do cineasta. Em maio já foram apresentados “Verdades e Mentiras” e “Macbeth”.

George Orson Welles foi um cineasta, roteirista, produtor e ator norte-americano. Atuou no campo do teatro, rádio e cinema, nos quais foi muito bem sucedido. Por trabalhar em uma área tão inconstante, o diretor optou por ser um “impostor”, no sentido de mostrar que tudo relacionado ao humano é sujeito a manipulação. Utilizou recursos de câmera, com ângulos inexplorados e narrativas inovadoras, que modificaram a estética cinematográfica. Suas produções se caracterizam pela ânsia de liberdade e a abominação pelo conservadorismo e subserviência humana.

Confira a programação abaixo:

A Dama de Shangai | 07/06, terça, às 20h | +10 anos

The Lady from Shangai |Dir. Orson Welles | EUA | 1948 | 87 min. | P&B

Michael O’Hara é um marinheiro que ajuda uma bela senhora em uma tentativa de assalto em um parque. No dia seguinte, O’Hara é convidado por ela e seu marido para tripular uma viagem de iate que farão. Ao aceitar o convite, O’Hara acaba se envolvendo em uma tramas de intrigas e assassinato.

Soberba | 14/06, terça, às 20h | +14 anos

The Magnificient Ambersons | Dir. Orson Welles | EUA | 1942 | 88 min. | P&B

O jovem Eugene Morgan quer se casar com Isabel Amberson, herdeira de uma família muito rica. Após alguns aborrecimentos, Isabel acaba se casando com Wilbur Minafer. Passados alguns anos, Wilbur morre, deixando Isabel viúva e com um filho. Eugene reaparece, mas o filho e a irmã de Isabel dificultarão sua reaproximação.

Cidadão Kane| 21/06, terça, às 20h | +12 anos

Citizen Kane | Dir. Orson Welles | EUA | 1941 | 119 min. | P&B

Um grupo de repórteres tenta decifrar a última palavra dita pelo magnata do jornalismo Charles Foster Kane. Diversas notícias sobre a vida de Kane começam a ser publicadas desde sua infância pobre até a construção do império.

Dom Quixote| 28/06, terça, às 20h | +16 anos

Dom Quijote | Dir. Orson Welles | EUA | 1992 | 116 min. | P&B

Após a leitura de diversar histórias épicas sobre grandes cavaleiros, Dom Quixote e seu servente Sancho Pança decidem desbravar as estradas da Espanha com o objetivo de proteger os mais fracos e realizar bons feitos. Adaptado da clássica obra de Miguel de Cervantes, o filme foi finalizado por Jesús Franco e Patxi Irigoyen, após a morte de Orson Welles em 1985

 

SERVIÇO:

Quando: De 07 a 28/06, terças, às 20h

Onde:Teatro  SESC SANTANA. Capacidade: 330 lugares.
Acesso para deficientes – estacionamento – ar condicionado
Endereço: Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Jd. São Paulo.

Quanto? Grátis
Estacionamento: R$5,50 a R$11 período do espetáculo.
Informações: 0800-118220 ou acesse o portal sescsp.org.br/santana

 

 

 

Fonte: AI/ SESC SANTANA

Categorias
Cultura Destaque Geral slide

Sesc Inaugura nova unidade no Campo Limpo

sesc390614-970x600-1

Mais uma unidade do Sesc será inaugurada este ano,no di a31 de maio. O sesc Campo Limpo é a 33ª unidade do Estado.

A unidade com 20 mil metros quadrados de estrutura, tem em sua programação de estréia atrações como o Circo Zanni,Criolo,Fabiana Cozza,Orquestra Heliópolis, Samba da vela e Luiz Melodia..

O local fica em um prédio que já abrigou uma fábrica e a faculdade Anhanguera na sua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120, proximo a estação Campo Limpo da linha 5 do Metrô. Durante maio e junho o local ficará aberto apenas aos sábados e domingos, com atividades ao ar livre e estruturas provisórias. No segundo semestre haverá a ocupação definitiva com biblioteca, espaço de alimentação e outras funções.

 

Categorias
Cultura Musica slide

Família Caymmi celebra centenário de Dorival com shows em SP

caymmi1003

Nana, Dori e Danilo se reúnem para homenagear o pai, o cantor e compositor Dorival Caymmi, que faria 100 anos em 2014. A temporada de 4 dias (9, 10, 11 e 12 de janeiro) no Sesc Pompeia, zona oeste de São Paulo.

O repertório traz grandes sucessos e canções menos conhecidas do artista, muitas da década de 1940.

Serviço

Família Caymmi – 100 Anos de Dorival Caymmi
Quando: 9, 10, 11 de janeiro, às 21h, e dia 12 de janeiro, às 19h
Onde: Teatro do Sesc Pompeia – rua Clélia, 93, Pompeia
Quanto: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia) e R$ 8 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes).