Categorias
Televisao

Programa Em Revista recebe os fenômenos da internet irmãos Berti e irmãos Leal

Nesta quarta (08), a partir das 23hs o apresentador Evê Sobral do programa Em Revista exibido pela Rede Brasil de Televisão, recebe os irmãos Berti e os Irmão Leal.

Eles que são fenômenos nas mídias sociais, em suas redes tem milhões de acessos, Evê vai debater com esses jovens como é lidar com essa fama digital. Ainda no programa a polêmica; será que os irmãos Berti vão se separar? Ou são apenas boatos?

Lançamento de clipe e muita descontração Não Percam! E logo após o programa, o bate papo continua em live pelo Instagram do apresentador @evesobraltv

A Rede Brasil de Televisão está disponível nos canais:
São Paulo sinal digital aberto em 10.1
VIVO TV Canal 237
VIVO TV/GVT canal 248
VIVO Fibra canal 526
OI TV canal 10
SKY canal 17
CLARO TV canal 13
ALGAR TV canal 717
Cobertura Nacional: www.rbtv.com.br

#ClickFato #RBTV #EveSobral #ProgramaEmRevista #irmaosBertieLeal

Categorias
Destaque Geral Noticias

Ministério Público reforça que constranger crianças na web é crime

mp12144736_985107228217954_3615002141021363486_n

Após os inúmeros comentários que assediavam através de redes sociais a participante Valentina (de apenas 12 anos), do ‘MasterChef Júnior‘,  o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) publicou em sua fan page uma imagem fazendo menção ao assunto, salientando que pedofilia e constrangimento a crianças e adolescentes na internet são crimes. No post, a instituição convida a população a denunciar.

A pedofilia e o constrangimento a crianças e adolescentes na internet são crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente. Viu alguma coisa estranha na web? Denuncie, disque 100. A ligação é gratuita. #NãoàPedofilia”, informa  o CNMP.

O caso que envolveu comentários contra a imagem da criança, levou o canal responsável pela versão brasileira da reality show culinário a se pronunciar. “A Band repudia e lamenta essas desagradáveis manifestações de extremo mau gosto. O foco do programa é o talento das crianças, e nem de longe, há qualquer provocação a esse tipo de estímulo. A emissora se manteve e se manterá à disposição para toda e qualquer assistência aos participantes“, disse o veículo em comunicado enviado à imprensa.

Além do Conselho Nacional do Ministério Público e da TV Bandeirantes, o coletivo Think Olga iniciou nas redes sociais movimento que convidada mulheres a publicarem histórias da primeira vez que foram atacadas sexualmente, com a hashtag #PrimeiroAssédio. O objetivo do grupo é denunciar a opressão contra meninas e mulheres.

Fonte: Comunique-se