Categorias
Economia e Mercado Entretenimento Tecnologia

Netflix e Youtube vão reduzir qualidade de seus vídeos por causa do coronavírus

As plataforma de vídeos Youtube e Netflix anunciaram a redução da qualidade dos vídeos  para evitar a sobrecarga do tráfego na Internet em razão da situação de isolamento vivida por diversos países por conta da pandemia de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O Youtube é a maior plataforma de vídeos online do mundo, com mais de 2 bilhões de usuários. Em 2019, a cada minuto eram assistidos 4,5 milhões de vídeos pelo serviço audiovisual. No Brasil, os últimos dados divulgados apontam o uso por cerca de 100 milhões de usuários.

A empresa já havia anunciado que adotou a transmissão de vídeos em qualidade padrão (SD, no termo técnico) na União Europeia na semana passada. Hoje ela foi expandida para o restante do mundo.

Já o Netflix é o líder global em streaming pago no mundo e no Brasil. A empresa tem mais de 140 milhões de assinantes em todo o mundo. No Brasil, o serviço é o app de vídeo online mais baixado nas principais lojas. De acordo com pesquisas sobre hábitos de consumo dos brasileiros, a plataforma tem 8,5 milhões de usuários, segundo dados de 2019.

O Netflix informou a redução em 25% do tráfego gerado pelo consumo de seus filmes e séries em países da Europa. No caso da América Latina, a empresa informou que recebeu solicitação de operadoras para também seguir a decisão, mas que avaliaria implantar a diminuição em áreas com maior incidência da pandemia.

 

Categorias
Sem categoria

Supertoons e Pilotinhos anunciam parceria com “O Diário de Mika”

A produtora Supertoons, responsável pela série “O Diário de Mika”, acaba de anunciar parceria com a rede Pilotinhos.

A primeira ação da empresa com a série consiste em presentear seus clientes com brindes da personagem, como o livro de colorir lançado pela editora Culturama.

Para ganhar a revista basta dar uma voltinha, de 20 minutos ou mais, com os carros elétricos da Pilotinhos.

A rede Pilotinhos que é líder no segmento de carrinhos elétricos, é composta por 7 unidades. Confira:

* Shopping Parque Balneário – Piso Térreo
* Praiamar Shopping – Piso Térreo
* Brisamar Shopping – Piso 2
* Litoral Plaza Shopping – Piso Térreo
* Mauá Plaza Shopping – Piso Térreo
* Shopping Aricanduva – Piso Térreo
* Anhanguera Parque Shopping – Piso Térreo

A promoção não é acumulativa, e válida apenas na compra das voltinhas de 20 minutos ou mais. Válido enquanto durarem os estoques.

Acesse o site e saiba mais: www.pilotinhos.com.br

Categorias
Sem categoria

Série indicada ao Emmy Kids estreia clipe especial de natal

Para entrar no clima natalino a série infantil “O Diário de Mika”, produzida pela Supertoons e que teve indicação ao Emmy Kids, acaba de disponibilizar em seu canal oficial no YouTube, um clipe especial de natal.

A canção escrita por Elizabeth Mendes, criadora da série, teve produção de João Plinta que já atuou ao lado dos maiores nomes da música infantil.

Vale também lembrar que toda quinta-feira vai rolar uma live no canal da série no YouTube. A Mika e seu novo amigo Nico interagem, em tempo real, com todas as crianças, sempre às 15 horas.

Atualmente a série é exibida nos canais Disney Junior, TV Cultura, TV Escola e TV Brasil além das plataformas de streaming como Netflix, PlayPlus e PlayKids.

Confira o clipe abaixo:

Categorias
Musica

Série indicada ao Emmy Kids estreia em live inédita do Youtube

A série infantil “O Diário de Mika”, produzida pela Supertoons, estreou na última quinta-feira (6 de dezembro), algo até então inédito no país: uma live com sua personagem animada.

Mika, a personagem principal da série, juntamente com seu amigo assistente Nico, interagiram com as crianças e responderam suas perguntas em tempo real. Foi um sucesso! E para alegria de seus fãs, essas lives acontecerão todas as quintas-feiras às 15 horas.

A série tem como protagonista Mikaela (Mika), uma menina de 4 anos muito curiosa que está aprendendo a lidar com todas as novidades que o mundo tem a oferecer. Atualmente exibida nos canais Disney Junior, TV Cultura, TV Brasil e TV Escola e em plataformas como Netflix, PlayKids e PlayPlus , no ano de 2017 concorreu ao “Emmy Kids”, na categoria “Crianças Pré-Escolar”.

Para acompanhar a Live basta acessar o canal no YouTube em (www.youtube.com/c/odiariodemikabr_oficial)

Categorias
Sem categoria

Netflix deve lançar versão africana de Sex and the City

An African City“, a mais recente série de Gana lançada na web sobre cinco jovens mulheres que procuram pelo seu amor na cidade de Accra, é uma versão mais ousada do seriado americano “Sex and The City“.

Quase todas as mulheres do seriado africano são tão livres e liberais em relação ao sexo quanto as de “Sex and the City”. Com exceção de Ngozi – que represente a recatada Charlotte, do programa americano.

As mulheres se encaixam perfeitamente nos tipos de Carrie e Miranda da versão americana. Personagem principal da série, Nana Yaa é uma jornalista de rádio que passa por dúvidas existenciais sobre relacionamentos amorosos ao longo de toda a história. Zainab e Makena desempenham um papel semelhante ao de Miranda – independentes e donas de seus próprios negócios. Ngozi é a carola que trabalha em uma ONG e que sempre torce o nariz quando o assunto é homem. E Sade seria a Samantha, de Sex and the City, que é a que deixa camisinha suja dentro da bolsa de grife comprada pelo seu namorado rico e casado. Todas elas gastam a maior parte do tempo bebendo drinques nos restaurantes enquanto falam de homens que esperam que um dia elas larguem o emprego para ficar cuidando da casa.

A ideia da criadora, Nicole Amarteifio, é mostrar um lado invisível da cultura de Gana, localizada em um continente marcado apenas pela guerra e pela pobreza. No seriado, não há nada disso. Em vez disso, “An African City” mostra a vida de mulheres abastadas da África. Makena é uma advogada formada em Oxford, e Sade, em Harvard. Já Zainab pertence à elite do império karité e o pai de Nana Yaaa é ministro de Energia do País. Por meio dessas cinco personagens, o seriado tenta explorar como uma jovem “ocidentalizada” se adequa à realidade de seu País de origem.

An African City deve estar disponível no Netflix em breve.

 

Fonte: Estadão

Foto:  Da esquerda para direita: Esosa E, Nana Mensah, MaameYaa Boafo, Marie Humbert e Maame Adjei, as personagens principais de “An African City”.  Divulgação

Categorias
Destaque Televisao

‘3%’: primeira série brasileira do Netflix

Depois de quase cinco anos da divulgação do piloto, a primeira série brasileira produzida originalmente pelo Netflix começou a ser gravada, anunciou a empresa responsável pelo serviço de streaming. Trata-se de ‘3%’, produção que promete contar uma história futurista. Nela apenas uma parte da população consegue fazer parte da sociedade considerada privilegiada.

No elenco da série estão confirmados, conforme registra foto divulgada pelo Netflix, Rafael Lozano, Mel Fronckowiak, Michel Gomes, Bianca Comparato e Vaneza Oliveira. O roteiro será assinado por Pedro Aguilera, que soma experiência em dois filmes nacionais de comédia: ‘Copa de Elite’ e ‘Os Homens são de Marte – e é prá lá que eu vou’. A primeira temporada de ‘3%’ tem previsão de contar com a exibição de oito episódios.

Ainda sem data de lançamento exata, o Netflix informa que a série deve estrear ainda em 2016. Gravada inteiramente no Brasil, com a maior parte dos trabalhos concentrados na capital paulista, a produção será feita integralmente com uso da tecnologia Ultra HD 4k. Com produção da Boutique Filmes, a novidade do mercado audiovisual nacional terá Cesar Charlone – de ‘Cidade de Deus’ e ‘Ensaio sobre a Cegueira’ – como diretor.

 

 

(Imagem: Divulgação/Netflix)