Categorias
Empreedorismo

Philippe Seigle, o globetrotter das artes

O trabalho da UP Time Art Gallery é inspirar e fascinar através da Arte. Nossos artistas apresentam trabalhos que retratam nossas emoções, nossas causas, nossas vidas. O público sempre quer conhecer o artista por trás da obra. Quem é, como pensa? Que história de vida levou a esse trabalho?

Hoje conversamos com o francês Philippe Seigle. Ele é um viajante apaixonado pela vida. Sua arte reflete essa paixão, através de um estilo que se caracteriza pelo exotismo e por cores vibrantes, muita alegria, e muita energia. Um jogo de equilíbrio entre o Figurativo e o Abstrato. Nesta entrevista, Philippe Seigle compartilha, generosamente, seus horizontes.

Você morou em mais de 20 países e visitou 70. Fale sobre essa aventura.
PS: Tive a sorte de ter um pai diplomata. Em função de seu trabalho, tivemos a oportunidade de viver em diferentes países. Muito jovem eu conheci boa parte do mundo e nunca mais parei de viajar. Não por acaso, meus caminhos profissionais me levaram à hotelaria internacional. Sempre aconselho aos mais jovens que viajem e descubram o mundo, sem depender de outros que lhes contem como é.

Você é Embaixador do Turismo no Rio de Janeiro, por ter se destacado no trabalho de valorização da Cultura. Como surgiu o Rio de janeiro/Brasil em sua vida?
PS: Vivi três períodos aqui no Brasil. Pela hotelaria, vim para Salvador em 1990. Depois outras oportunidades vieram e morei no Rio de Janeiro entre 2004 e 2007 e depois entre 2014 e 2019.

É muito linda a minha história com o Brasil. Posso dizer que é uma paixão!

Ser Embaixador do Turismo da cidade de Rio de Janeiro é para mim uma honra inestimável!

Como foram seus primeiros passos na Arte?

PS: Acho que todos nós nascemos com nossos dons! Cedo eu descobri que tinha habilidades artísticas, mas tive de trabalhar muito para me aprimorar! Tive também o apoio decisivo de amigos artistas que me motivaram muito.

Quais artistas servem de referência para o seu trabalho?

PS: Não posso dizer que eu tenha sido influenciado por artistas super conhecidos. Diria que posso ser influenciado por qualquer artista, independente de nível ou fama.

Fale sobre seu processo criativo. Como chega a inspiração para você?

PS: A inspiração chega quando você não espera. Vem de uma palavra, um olhar, uma paisagem, uma cor, uma música e muitos outros elementos!

Na maior parte das vezes é de manhã cedo que meu cérebro começa a inventar e viajar para novos horizontes!

Quando começa uma obra, você já tem a imagem final em mente?

PS: Quando começo uma obra só tenho uma ideia geral do que quero. Ela pode mudar muitas vezes e nunca sei como vai terminar. É um passeio que leva a mim, meu pincel e minhas cores para um mundo extraordinário!

Qual mensagem você passa através da sua arte?

PS: A minha mensagem é muito simples. Amor, alegria e liberdade. E, claro, muitas cores para celebrar e destacar ainda mais o sentido da vida.

Você transmite muita alegria em suas obras através das cores vibrantes que utiliza. Você acha que o fato de conhecer 70 culturas diferentes influencia sua pintura?

PS: Sim todas as culturas me influenciam. Foi tão importante, para mim, viajar! Agora o que mais quero é compartilhar e levar comigo muitas pessoas a descobrir novos horizontes.

Como você vê o momento cultural no dias de hoje? A arte, em termos gerais, está empobrecendo ou mais uma vez cumpre seu papel de refletir a sociedade?

PS: Eu sou, por natureza, otimista e sei que a Cultura tem e sempre terá seu lugar. Temos, como artistas, de ser parte da sociedade e passar, através da nossa arte, mensagens positivas e levar a todos muitos sonhos e muita energia.

O que você acha do Brasil? Ele inspira sua arte?

PS: O Brasil é o país que mais me inspira. Tenho também muito interesse em outros como o México, onde passei parte da minha juventude. Mas o Brasil é sinônimo de Alegria. Sou fascinado pelas cores e paisagens, mas acima de tudo, amo a alegria e o carinho dos brasileiros. Este famoso e único “Jeito brasileiro”.

#PhilippeSeigle #Globetrotter

Categorias
Cultura Destaque slide

Projeto apresenta 32 espetáculos de graça em 12 dias em SP

alziraeLA33067194F9949199058FC4A751905E6

A 5ª edição do projeto Plataforma Proac, realizada no Teatro Sérgio Cardoso, apresentará de graça 32 espetáculos que incluem dança, música, teatro e circo. As produções escolhidas são contempladas pelos Editais do Programa de Ação Cultural (Proac).

A mostra é anual e busca dar visibilidade aos artistas em conjunto com a Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo.

Mais de 30 companhias paulistas devem participar das atividades. Ao todo, serão 12 dias de exibição, desta quarta, 16, a 27 de julho.

Os espetáculos serão realizados nas salas Paschoal Carlos Magno e Sérgio Cardoso. A abertura oficial do evento será nesta quarta, 16, às 20h e a primeira atividade será o show “O que vim fazer aqui”, de Alzira E.

Os ingressos para a Plataforma Proac são grátis, porém devem ser retirados com uma hora de antecedência na bilheteria do teatro.

Informações:

Teatro Sérgio Cardoso

Endereço: Rua Rui Barbosa, 153 Bela Vista São Paulo SP

Telefone: (11) 3288-0136

Site: www.apaacultural.org.br

Horário da bilheteria: de segunda a domingo, das 14h até o início do espetáculo

 

 

Dia 16/07 –
20h Abertura Oficial
20h30 (Música) “O que vim fazer aqui”, de Alzira E.

Dia 17/07 –
15h (Teatro Infantil) “Aaaah! Fantasmas!”
19h (Teatro) “História dos Porões”
20h30 (Música) “Antonio Loureiro e Ricardo Herz”

Dia 18/07 –
15h (Teatro) “A cidade dos rios invisíveis”
20h30 (Dança) “Aos Vencedores as Batatas”

Dia 19/07
19h (Música) “Marco Pereira e Toninho Ferragutti”
20h30 (Dança) “Platô”

Dia 20/07
15h (Teatro Infantil) “Felpo Filva” – Ensaio Aberto
19h (Música) “Victor por Vitor: Um sax brasileiro”
20h30 (Teatro) “Animais na Pista” (Leitura Dramática)

Dia 21/07 –
17h (Teatro de Rua) “Rodada de projetos”
19h – (Teatro) “Condomínio Nova era” (Ensaio Aberto)
20h30 (Dança) “Terra Trêmula”

Dia 22/07 –
15h (Teatro) “A cidade dos rios invisíveis”
Classificação: Livre
19h (Música) “Ceumar”
20h30 (Teatro) “Uma opereta barata”

Dia 23/07 –
15h (Dança para Crianças) “A Mão do Meio – Sinfonia Lúdica” (Pré-Estreia)
19h (Música) “Cordal – Almir Côrtes e João Paulo Amaral”
20h30 (Dança) “Tupiliques – O Espetáculo”

Dia 24/07 –
15h (Teatro) “O Mamulengo dos Três Vinténs”
19h (Música) “Panorama do Choro Contemporâneo Paulistano”
20h30 (Teatro) “A História do Comunismo Contada aos Doentes Mentais”

Dia 25/07 –
17h (Circo) “Rodada de Projetos: Circo”
19h (Música) “3,1415 – Luiz Pinheiro”
20h30 (Dança) “Cicatriz” (pré-estreia)

Dia 26/07 – sábado
15h (Teatro Infantil) “Vovó Rock and Roll”
19h (Dança) “Girar”
20h30 (Teatro)“Cartas”

Dia 27/07 –
19h (Música) “Alexandre Ribeiro Quarteto”
20h30 (Teatro) “Mundomudo”

 

 

 

Categorias
Destaque Geral slide

Pinturas e esculturas de “OSGEMEOS” em exposição gratuita em sampa

osgemeos10369610_709433552426992_5088657257060339724_n

A dupla OSGEMEOS tem desenhos e grafittis são facilmente reconhecidos pela multiplicidade de técnicas que revelam naturezas fantásticas, imagens de origens diversas e elementos surreais, sempre repletos de cores.

Parte dessa obra pode ser vista bem de perto na Galpão Fortes Vilaça entre os dias 1º de julho e 16 de agosto.  A mostra “A Ópera da Lua” reúne cerca de 30 pinturas, três esculturas, uma instalação musical e uma vídeo-instalação 3D. Entre as obras expostas está “Fermata”, escultura musical que mistura vagão de trem e orquestra. O destaque da exposição vai para uma obra inédita, ainda desconhecida do público. O que dá pra adiantar é que a peça é a maior escultura já realizada pelos artistas, um projeto secreto que só será conhecido no dia da abertura.

Foi na Galeria Fortes Vilaça que OSGEMEOS apresentaram, em 2006, sua primeira individual em São Paulo. Dessa vez, em “A Ópera da Lua”, os artistas dão enfoque especial às esculturas, levando a experiência da pintura para o tridimensional. Portas e janelas conectam as obras construindo um grande ambiente imersivo. As pinturas tomam formas e dimensões inesperadas, exploram novos contextos para os personagens, novas histórias, texturas e padrões em profusão.

 

Galeria Fortes Vilaça
http://www.fortesvilaca.com.br
Rua Fradique Coutinho, 1500
Vila Madalena – Oeste
São Paulo
(11) 3032-7066