Canção como acústica? Simão explica a diferença na produção musical EP “(tipo) Acústico”
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Não é novidade que os artistas estão sempre em busca de formas para aumentar a “vida” de uma música e, consequentemente, o número de streams e fãs. Uma das artimanhas mais utilizadas pelos cantores é transformar a música produzida musicalmente com diversos instrumentos em uma versão acústica, geralmente traduzida no voz e violão. Essa foi a estratégia utilizada por Simão ao lançar, no início deste mês, o EP “(tipo) Acústico”.

O cantor catarinense iniciou sua carreira durante a pandemia e, apesar de todas as dificuldades enfrentadas no período, conseguiu lançar 4 músicas inéditas de sua autoria e se destacar entre os iniciantes. “Seu Nome”, primeiro single de Simão, já conta com mais de 500 mil visualizações, totalmente orgânicas, e 150 mil plays no Spotify. Já “Te Arquitetei”, última faixa lançada, alcançou mais de 200 mil plays no Spotify e 100 mil visualizações no Youtube. Agora, suas versões (tipo) acústicas também já se destacam com “Seu Nome” batendo 115 mil visualizações, enquanto “Te Arquitetei”, “Sugestões” e “Domingo” estão na faixa das 35 mil visualizações,  números alcançados sem nenhum tipo de investimento nas plataformas.

Mas, afinal, qual a diferença entre a primeira versão e a acústica? O cantor Simão explica:

“A diferença da canção original para acústica está na eliminação dos elementos eletrônicos e computadorizados. O acústico se caracteriza pelo uso de instrumentos que não precisam ser ‘ligados’ para produzir o som. Então, a melodia fica mais orgânica”, explica o cantor.

“O meu EP foi batizado como ‘(tipo) Acústico’ porque, apesar de termos priorizados os instrumentos orgânicos, nós complementamos a melodia com o contrabaixo e a guitarra, que são elementos elétricos. Nós queríamos mostrar as canções de uma forma mais intimista, destacando a letra, mas ainda queria que o arranjo fosse especial, acho que deu certo”, completa.

#ToNaMidia #ClaudeLopes #Simao #TipoAcustico #

Claudê Lopes
Claudê Lopes
Baiano de Itiúba, radicado em São Paulo há mais de 30 anos. Repórter, Web Designer, Produtor e Editor de conteúdo, Consultor Musical, Roteirista, Redator e Diretor de programa de Televisão.
%d blogueiros gostam disto: