Categorias
Famosos

Cantor Samuel Elias faz sucesso nas rádios de todo Brasil

Com o melhor do mundo gospel, cantor Samuel Elias se destaca nas plataformas digitais e nas rádios de todo Brasil.

A música “ Mãe, nem deu tempo de me despedir” é o sucesso que leva o nome do cantor por todo o Brasil. O single lançado em abril deste ano já conta com mais de 148 mil visualizações no Youtube e mais de 15 mil plays no site Palco MP3.

“Mãe, nem deu tempo de me despedir”:

No ramo desde os seus 6 anos, Samuel Elias acredita que a música é um grande chamado de Deus para a sua vida, portanto todas as suas composições e interpretações representam marcas e momentos de sua trajetória ministerial. O artista possui 05 Cds gravados e percorre por diversas cidades do Brasil, e também da Europa, para cantar e ministrar a palavra de Deus. Além disso, no fim do ano de 2020 o cantor foi destaque no site Palco MP3 e conquistou o Top 5 Semanal com seu último álbum.

“Mãe, nem deu tempo de me despedir” está disponível em todas as plataformas digitais e na plataforma do Youtube é possível assistir também ao vídeo clipe da canção, que foi direcionado pelo produtor Luiz Campana Júnior. Samuel celebra o reconhecimento e alcance de seu trabalho, pois o seu principal objetivo é tocar e transformar a vida daqueles que escutam os seus louvores.

“Esse é um grande momento em minha vida ministerial e com certeza uma realização pessoal. É algo que sempre busquei e trabalhei para que chegasse esse dia, mas sempre me lembrando que o objetivo principal é ver pessoas sendo tocadas ao ouvir minhas canções. ”, conta o cantor.

Acompanhe Samuel Elias nas redes sociais:

Instagram: @cantorsamueleliasoficial

Facebook: cantorsamueleliasoficial

YouTube: cantorsamueleliasoficial

Palco mp3: www.palcomp3.com.br/cantorsamuelelias

 

#samuelelias #mae #maenemdeutempodemedespedir #radios

Categorias
Saúde

Doutor Norton Sayeg e o projeto “Dr. Alzheimer – Clínicas de Memória”

Idealizado pelo médico Doutor Norton Sayeg em conjunto com a sua equipe técnica, o projeto “Dr. Alzheimer- Clínicas de Memória” possui como objetivo possibilitar o acesso ao diagnóstico e tratamento eficiente para as pessoas com doença de Alzheimer.

De acordo com os dados de 2019 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil há mais de 29 milhões de pessoas acima de 60 anos e acredita-se que quase 2 milhões de pessoas têm demência, sendo que cerca de 40% a 60% são do tipo de Alzheimer. Entretanto, os dados não são de total exatidão, uma vez que muitas pessoas não recebem o diagnóstico correto, ou até mesmo não possuem acesso médico para o diagnóstico.

O Projeto Dr. Alzheimer tem como missão levar aos pacientes o que há de melhor e mais moderno para o tratamento da doença de Alzheimer, possibilitando um tratamento especializado, com protocolos claros e bem definidos, além de valores acessíveis a todas as classes sociais. Dessa forma, é possível que o projeto possa proporcionar um envelhecimento com qualidade a longo e curto prazo aos seus pacientes.

Contando com uma equipe de 12 profissionais da área da saúde, o projeto dispõe dos serviços de consulta para diagnóstico, testes de memórias para verificação do estágio da doença, acompanhamento contínuo dos pacientes e terapia cognitiva.

O idealizador desse projeto, Doutor Norton Sayeg, é médico desde 1974, especialista em geriatria, fundador da Associação Brasileira de Alzheimer e autor de 8 livros e diversos artigos científicos relacionados ao envelhecimento e Alzheimer. Além disso, ao longo de sua carreira, ele já realizou mais de 10.000 mil diagnósticos da doença de Alzheimer, contribuindo no tratamento correto por uma melhor qualidade de vida.

Para o futuro, o Dr. Norton e sua equipe técnica têm como foco tornar o projeto referência no tratamento de Alzheimer, prezando sempre os seus atendimentos de excelência e especializados, com valores acessíveis, garantindo assim saúde, bem-estar e um espaço de vida saudável para todos os pacientes.

Para conhecer mais sobre o Projeto Dr. Alzheimer- Clínicas de Memória ou agendar uma consulta com os profissionais, acesse o site: https://www.dralzheimer.org/

Alzheimer | Clínicas Dr. Alzheimer | São Paulo/SP

 

Clínica especializada no tratamento da Doença de Alzheimer. O Projeto Dr. Alzheimer – Clínicas de Memória foi idealizado pelo médico Dr. Norton Sayeg em conjunto com a sua equipe técnica, com o objetivo de possibilitar o acesso ao diagnóstico e tratamento eficiente da Doença de Alzheimer.

www.dralzheimer.org

#ToNaMidia #DrNortonSayeg #Alzheimer #ClinicaParatodos

Categorias
Empreedorismo Geral

Decoradora Faby Martins dá dicas práticas para organização domiciliar

O lar costuma ser um dos principais ambientes da vida de uma pessoa. Para uma melhor convivência no lar é preciso facilitar a rotina diária de seus moradores e se organizar bem, a casa se tornará um ambiente prático, que auxiliará nas atividades importantes do dia a dia, como a higiene, alimentação, escolha de roupas, e até nos momentos de diversão.

Existem diversos fatores que podem influenciar na organização da casa, como a falta de tempo e espaço. Por isso, a decoradora e personal organize Faby Martins reuniu algumas dicas práticas para ajudar na organização da casa. Vamos conferir?

A primeira dica é em relação ao guarda-roupa, que deve conter divisões para cada tipo de roupa, cabides adequados e caixas organizadoras. Além disso, é essencial saber a maneira correta de dobrar as roupas para otimizar espaço nas gavetas e cabides.

Para camisas e camisetas, Faby orienta que as vestimentas devem ser dobradas em forma de “rolinhos”, mas caso opte por manter por pendurar essas roupas, é preciso se atentar ao tipo de cabide para que elas não amassem e não caiam dentro do guarda-roupa.

 

Já para as calças jeans, a personal organize orienta que a vestimenta seja dobrada em linha com a parte posterior da calça e seja colocada em alinhamento no cabide, ou então, seja dobrada em forma de “rolinho” também, conforme ela explica no vídeo abaixo:

Participação no Programa Geração em Ação:

#ClickFato #FabyMartins #DecoradoraFabyMartins #PersonalOrganizer

Categorias
Cultura Geral

Livro “Becoming Brazilian” apresenta país para expatriados

“Finalmente eu amo o Brasil, meus filhos cresceram aqui e agora tenho meu RG”. São com palavras de orgulho e satisfação de quem vive no Brasil há mais de 20 anos, que o autor Thomas Augustin Winter acaba de lançar o livro “Becoming Brazilian”, que retrata o que é o Brasil para expatriados que precisam fazer negócios por aqui.

 

Com 320 páginas, o livro tem como propósito apresentar o país para profissionais estrangeiros que trabalham ou vivem no Brasil, de modo que consigam ser mais produtivos e superem o “choque cultural”. Além disso, a proposta da obra também é trazer mais detalhes da cultura, história e celebrações das diferentes regiões do país.

“Depois de ver alguns gestores expatriados frustrados com o Brasil, eu percebi o quanto era importante que estes estrangeiros fossem treinados na cultura brasileira para fazer negócios de forma mais eficaz e que os viajantes tivessem uma compreensão mais profunda do país.  O Brasil é um país particularmente importante para o mundo e ainda não há bons livros que tratem do assunto”, explica Winter.

Para Winter que, nasceu em Washington D.C nos EUA e passou a maior parte da carreira profissional em empresas multinacionais, o Brasil é um lugar estimulante e divertido para se trabalhar e visitar, porém, burocrático. “Como gestor profissional, a complexidade e burocracia de fazer negócios no país é um desafio. Entender e tentar fazer as coisas corretamente e legalmente precisa estar esclarecido para qualquer gestor estrangeiro, pois os processos brasileiros são mais onerosos”, afirma.

Publicado pela Editora Appris, o livro é dividido em duas partes. A primeira revê o comportamento, as celebrações e as crenças brasileiras. “Como evitar pagar mico?”, “Como beber chimarrão?”, “Como trabalhar com o tempo brasileiro?”, “Como cumprimentar e dizer adeus aos brasileiros?” são alguns exemplos. O livro explora ainda todas as regiões do Brasil através de sua comida e história. “O livro aborda temas diversos como, Forró, Bumba Meu Boi, Jeitinho, Pomba Gira e Zé Carioca.  Eu não quero que o leitor aprenda sobre estereótipos brasileiros das regiões do Brasil, mas sim que eles entendam o Brasil de Norte a Sul”, comenta Winter.

Já a segunda parte reconhece que os brasileiros e o Brasil têm alguns problemas muito antigos e sérios que todos já sabem, mas um estrangeiro que vive aqui precisa entender melhor. Desigualdade social, racismo, más perspectivas de emprego, corrupção, impunidade e violência criminal são alguns problemas que conhecemos como brasileiros.

“No livro, destaco que todos esses problemas foram resultado da história colonial brasileira sob a política portuguesa. O Brasil tem uma história única de ser, o único país do hemisfério ocidental unido sob uma monarquia que foge de Portugal.  Só agora, depois de muitos escândalos de corrupção e impunidade, os brasileiros estão prontos para reformar suas instituições de governo.   Mesmo que os problemas do Brasil ainda existam, só de olhar para a história do país é possível medir o progresso que foi feito”, defende o autor que, acredita que o livro pode ajudar expatriados a amar o Brasil.

O livro já está a disponível em inglês pela Editora Appris no site www.editoraappris.com.br e, em breve, nas principais livrarias do país, como Amazon, Travessa, Cultura, etc. A versão em português de “Becoming Brazilian” está prevista para 2022.

Sobre Thomas Augustin Winter
Thomas Winter vive no Brasil há mais de 20 anos.  A maior parte de sua carreira profissional foi com empresas multinacionais de comércio agroindustrial que atuam na América Latina. Ele tem três filhas brasileiras/americanas. Possui MBA em Gestão Internacional pela Thunderbird School of International Management e bacharel em Economia pela Colorado College.  Atuou no conselho de administração da Escola Internacional de Curitiba e da Escola South Kent.  Ele tem faixa marrom no Jiu-Jitsu brasileiro.  Atualmente, mora em São Paulo, onde trabalha como consultor e auxilia organizações com formação de equipes e eventos interculturais.

#ClickFato #ThomasAugustinWinter #LivroBecomingBrazilian #ClaudianaRosario

 

Categorias
Beleza Famosos Geral

Queridinha dos famosos, farmacêutica esteta, Natasha Ramos atende 60 pessoas por dia

Seja para empinar o bumbum, rejuvenescer o rosto ou eliminar a flacidez corporal, cerca de 60 pessoas por dia, entre famosos e anônimos, passam pelas mãos de Natasha Ramos, farmacêutica especialista em estética.

Com clínicas em São Paulo e Curitiba, a esteta atende homens e mulheres que buscam melhorar a aparência e corrigir imperfeições com procedimento seguros e eficientes.

Contudo, em vez de oferecer os mesmos serviços disponíveis no mercado, Natasha aplica métodos desenvolvidos por ela mesma, os quais têm atraído diversas celebridades, como as atrizes Claudia Raia e Grazi Massafera, a modelo Juliana Salimeni e a cantora Gretchen.

Entre os serviços mais procurados de Natasha, estão os procedimentos de rejuvenescimento fácil e corporal, além da técnica chamada de “roundgluteo”, que consiste em empinar os músculos do bumbum.

A esteta conta que, sem distinção entre famosas e anônimas, as queixas das mulheres costumam envolver os mesmos temas.

“Na maioria das vezes, as pacientes chegam ao consultório relatando insatisfação com a aparência. O problema é que isso não acaba aí. Isso impacta a autoestima, causando problemas no trabalho, nas relações pessoais e, principalmente, consigo mesmas”, explica a dra. Natasha.

“Com os procedimentos de estética, conseguimos, em pouco tempo, mostrar como elas são belas, recuperando a autoestima. Eu sempre digo que mulher com autoestima elevada pode conquistar o mundo”, assegura a esteticista.

Engana-se quem pensa que somente mulheres procuram os serviços da especialista. A agenda concorrida também tem espaço para homens – e alguns bem conhecidos do público brasileiro, como os atores Reynaldo Gianecchini e Jarbas Homem de Mello.

“Cada vez mais homens procuram os serviços de estética para também se sentirem bem consigo mesmos. Gosto muito de atendê-los para compartilhar os benefícios dos procedimentos de rejuvenescimento”, comenta Natasha.

No mundo virtual, a esteticista também é uma das mais “procuradas” do Brasil. Seu perfil no Instagram, rede em que divide com o público um pouco do seu trabalho, tem mais de 72 mil seguidores.

#beleza #estética #famosos #clickfato

Categorias
Televisao

Alessandra Pinelli, uma das ganhadoras da sétima temporada do MasterChef Brasil

A Chef Alessandra Pinelli venceu o terceiro episódio da sétima temporada do MasterChef Brasil do ano de 2020. Após quase ter sido eliminada na primeira prova do “leilão de carnes”, ela foi a responsável por ter feito uma deliciosa massa conhecida como capeletti.

Mãe de dois filhos, secretária, personal chef e apaixonada pelas cozinhas Mineira e Italiana, Alê costuma preparar seus pratos com aquele tempero de mãe que todo mundo gosta e se apaixona. Por conta disso, ela também é conhecida como MotherChef, que significa “Chef Mãe”.

Em 2019, Alessandra participou do SESI Chef 2019, onde venceu a fase local da competição e alavancou seu desejo de participar do programa MasterChef Brasil 2020.
A Chef diz que ganhar o MasterChef Brasil foi muito além do seu amor pela gastronomia, pois também representou e valorizou suas origens, “eu venci o Episódio 3, trazendo um troféu para o Vale do Paraíba e representando também minhas raízes mineiras. ”, afirma.

Com mais de 7 mil e 400 seguidores em seu perfil do Instagram, Alessandra inicialmente postava sobre o seu dia a dia, o que cozinhava, o que fazia, mas sempre de uma maneira simples e pessoal.
Com o crescente aumento de seguidores, ela sentiu necessidade de trazer um conteúdo melhor, portanto começou a postar receitas e pratos prontos com maior detalhamento, “todos os dias busco postar fotos reais, de comida real que a dona de casa pode preparar no seu dia a dia, que o solteiro pode preparar sem desperdício, que o jovem pode preparar facilmente. Não muito complicado, mas primando sempre pela qualidade dos ingredientes “, diz.

O Master Chef Brasil é um reality de culinária que desvenda novos talentos do mundo gastronômico. Aqui no Brasil, o primeiro episódio foi ao ar em setembro de 2014, contando com a presença de jurados extremamente reconhecidos no ramo, como Érick Jacquin, Henrique Fogaça e Paola Carosella.

Passar pela avaliação destes jurados é um desafio e tanto, mas a frase de vida da MotherChef Alessandra Pinelli é “ onde há uma vontade, há um caminho! ”, e, ela com sua vontade e talento encontrou o seu caminho de sucesso ao vencer um dos episódios desse reality.

Para acompanhar a Chef Alê Pinelli siga o seu perfil no Instagram: @alepinelli

Categorias
Geral

Tarot ganha espaço e viraliza nas plataformas digitais

O Tarot é um repositório de sabedoria e de experiências humanas, sendo uma arte que revela, através de interpretações, possibilidades sobre o presente e permite a visibilidade de possibilidades para o futuro da pessoa.

Antigamente, as pessoas eram mais habituadas a contar apenas com a astrologia para responder seus questionamentos e anseios sobre amor, carreira e família, porém o tarot vem ganhando o seu espaço de divisão com os astros.

No último ano, diversos perfis de tarólogos têm ganhado popularidade nas redes sociais devido as publicações de previsões e conselhos para os internautas. Entre os perfis que ganharam grande visibilidade, está o do tarólogo Val Couto, que está no ramo há trinta anos, e resolveu profissionalizar e divulgar seu trabalho na internet.
Val já trabalhou como divulgador artístico de muitos artistas e sabia que esse era um caminho propício para uma boa divulgação de seu trabalho. Realizando constantes lives, o tarólogo já conta com mais de 570 mil seguidores acompanhando o seu trabalho.

Inclusive, em live realizada na última sexta-feira, Val revelou a previsão de que o público receberia a notícia de que uma apresentadora loira da Rede Globo teria um problema de saúde, e logo, na segunda-feira, 05/07, foi noticiado o afastamento de Ana Maria Braga por conta de infecção por COVID-19.

Mas afinal o que é o tarot e por que está fazendo tanto sucesso?

Em resumo, o tarot ou tarô é um oráculo composto por 78 cartas chamadas de arcanos, sendo que 22 são os arcanos Maiores, significando segredo ou chaves, por conterem os mistérios de quem somos, e 56 arcanos Menores, dividido em 4 naipes (ouros, espadas, copas e paus), que representam as circunstâncias, os sentimentos, os anseios e os passos que definem a pessoa a cada dia.

As cartas por si própria possuem um significado, mas em uma leitura profissional sempre terá interpretações diversas. Além disso, é necessário sempre analisar a pergunta e o contexto no qual a carta aparece. Já os arcanos, de forma geral, podem significar tensão ou desafio em determinados momentos, mas não sempre, pois depende das combinações das cartas.

Ainda, vale ressaltar que em cartas de arcanos maiores, a interpretação é mais vasta e ampla. Cabe aqui um exemplo, se a pessoa vive um relacionamento desgastante e sai a carta “O Pendurado” no jogo, isso sinaliza que a relação continuará insatisfatória. Mas, se neste mesmo jogo sai a carta “A Torre”, é bem possível que este relacionamento acabe- o que neste caso talvez seja satisfatório, visto que o casal está extremamente insatisfeito e o vínculo só tende a se dissolver.

Há uma carta muito temida por todos os que gostam de jogar a arte do Tarot, a carta “O Diabo”, um dos arcanos que pode sinalizar abertura financeira e bom desempenho sexual, mas por outro lado, tende a ser interpretada como um desafio do ponto de vista emocional, já que está relacionada com os excessos e dependências.
Por fim, é importante salientar que tudo depende do que a pessoa deseja saber através do Tarot, da posição em que as cartas caem durante o jogo e do contexto de vida da pessoa naquele determinado momento. O Tarot faz do acaso o centro, é ele que determina a escolha das cartas, assim como o inconsciente que não podemos acessar sem um guia como os símbolos, por exemplo.

Assim, o tarólogo Val Couto deixa claro que não precisa haver nenhum ritual específico para consultar as cartas, “todo e qualquer sistema de crenças fica a cargo do profissional ou da pessoa que está aprendendo a simbologia e a aplicação das cartas. A única ressalva, tanto para um atendimento presencial quanto virtual, é a concentração.”, finaliza.

@valcouto.tarologooficial

#clickfato #Valcouto #tarot

Categorias
Cultura Geral

Misoginia’/ Livro aborda uma história real de relacionamento abusivo

O começo do relacionamento é perfeito, a compatibilidade entre o casal mostra que um foi feito para o outro. O companheiro representa um homem carinhoso, atencioso, apaixonado, cheio de gentilezas e elogios. Conforme o tempo passa, o comportamento se transforma sutilmente, e o romantismo é substituído pela frieza. O homem incrível passa a ser um homem sem escrúpulos e o relacionamento, que aparentemente era saudável, se deteriora culminando em histórias de violência.

Infelizmente esse é um cenário comum para muitas mulheres, assim como foi para Rebeca Ucelli, autora do livro Misoginia: O lado obscuro de um relacionamento. O principal tema abordado no livro são as manipulações e jogos emocionais que autora vivenciou durante anos ao lado de seu companheiro.

A violência não se resume às agressões físicas, aos estupros e às ameaças. Infelizmente existe o lado velado que consiste na manipulação e na chantagem emocional. “O abuso nem sempre fica evidente nas relações, ás vezes está camuflado em atitudes sutis. Há certas situações que não são explícitas, principalmente no início do namoro. A inteligência da mulher seria subestimada se os abusos fossem tão óbvios de serem identificados. O ser humano cai em situações desfavoráveis não por ser ingênuo ou vulnerável, e sim porque tem a manipulação”, Relata Rebeca.

Diante dessa realidade, o objetivo do livro é facilitar o acesso a informação evitando, assim, relações abusivas. É importante a mulher entender e saber interpretar os abusos, dessa forma é possível evitá-los. E para àquelas que já estão neste pesadelo a informação pode amenizar o sofrimento e oferecer caminhos para a solução do problema.

A autora também destaca a palavra misoginia, que é definida como o desprezo, a repulsa e a aversão à imagem feminina. E que, apesar de ser um sentimento negativo por parte do homem, não o impede que sinta atração sexual e se relacione com mulheres.

 

O LIVRO

Disponível em e-book, pela Amazon, o livro desperta a curiosidade ao mesmo tempo em que oferece informações valiosas. Misoginia: O lado obscuro de um relacionamento é uma história real que reúne diversos relatos de manipulações e aborda diferentes tipos de jogos emocionais adotados por um misógino, resultando em uma relação abusiva. Cada capítulo apresenta uma característica da misoginia e é ilustrada com a experiência, vivenciada em um namoro de oito anos, de uma jovem com um misógino.

O livro não é um drama e nem se caracteriza como um romance. A história é de caráter informativo, são fatos do dia a dia, expressos através de palavras simples tornando-se uma leitura de fácil compreensão.

A ideia de escrever o livro nasceu da necessidade de informações sobre o tema, que Rebeca Ucelli percebeu ser escassa, e que lamenta não ter tido acesso a esses conhecimentos na época de seu namoro: ‘Se eu soubesse o que era misoginia e tudo o que envolve esse problema eu jamais teria permitido tantos anos de relação, no mínimo teria proposto uma terapia ou simplesmente me afastado’.

Vale ressaltar que identificar um misógino pode ser possível, mesmo não sendo um especialista ou profissional no assunto. As características são bem definidas, facilitando a interpretação das ações adotas.

 

QUE TIPOS DE ABUSOS PODEM SER ENCONTRADOS NO LIVRO?

Na rotina, pequenas atitudes passam despercebidas e ao longo do tempo vão transformando uma relação normal em uma relação tóxica.

Rebeca afirma que para manter o namoro, de forma pacífica, era necessário ‘pisar em ovos’ constantemente, ela se policiava sobre palavras e até atitudes simples do dia a dia. “Ele se irritava por banalidades, de repente o meu ex namorado passou a ser sensível demais, era a minha roupa, o meu perfume e até mesmo o meu tom de voz que o incomodava. E quando tinha algo que não estava de acordo com o que ele queria, após demonstrar o seu desagrado, ele simplesmente me punia com o seu sumiço, ignorando por dias as minhas tentativas de contato. Era uma agressividade passiva, o silêncio dele era um jeito de me acusar sem usar uma única palavra’.

No livro é possível encontrar vários tipos de abusos: rejeições, insultos disfarçados de conselhos, mudanças de humor repentinas, comportamento instável, controle excessivo, invasão de privacidade, sexo forçado e por fim agressões físicas.

Ainda segundo a autora, quando se está envolvida em uma relação é difícil enxergar certas atitudes. Levando em consideração que as grosserias partem do homem gentil e incrível, que representava no início da relação, é possível que a mulher não interprete as atitudes como manipulações e abusos, e sim as atribuem a uma personalidade difícil. Além disso, a dependência emocional pode ser um dos fatores que levam a mulher a manter por anos um relacionamento doentio.

misoginia.com.br

#misoginia #clickfato

 

Categorias
Geral Saúde

‘Baby Nutri’ Nutricionista Katia Santoro fala sobre alimentação de bebês

Quando o assunto é alimentação de bebês, é normal que surjam dúvidas do tipo: “Será que já está na hora de dar papinha para meu filho? ”, ou então, “ Ele está chorando, será que é fome? ”. Essas dúvidas são normais, portanto não se desespere e leia as informações abaixo.

Se você é aquele papai ou mamãe que busca informações pela internet sobre alimentação de bebês, já deve ter ouvido falar sobre a Baby Nutri. A nutricionista materno infantil Katia Maria Cili Santoro, moradora da cidade de Santos (SP), mas que é nascida e criada no município de Cândido Mota (SP).

Katia desde pequena sempre gostou de comida e com isso, também sempre imaginou que trabalharia com algo que envolvesse alimentos. Quando se formou no ensino médio, escolheu sem dúvidas o curso de nutrição na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Maringá, no estado do Paraná.


Foi durante a sua formação, que Katia descobriu sua paixão em nutrição materno infantil e após a sua formação, começou a se especializar cada vez mais sobre o leite materno, que é a principal alimentação para os bebês.

Conforme a nutricionista foi se especializando, percebeu que não queria realizar um atendimento vago para os pais e bebê, mas sim, algo que pudesse encorajar, apoiar, incentivar e contribuir para que a mãe tivesse confiança e segurança em relação a sua capacidade de nutrir o seu bebê, de forma que os mitos não minassem a confiança entre eles. Katia explica que, “Precisava aprender mais, porque não posso dizer a mãe/ gestante, olha a gente se vê na gestação, depois na amamentação e você volta na alimentação complementar. Precisava aprender mais sobre a amamentação, porque eu acredito no leite materno e precisava acompanhar mais de perto esse momento. ”, diz.

Kátia atuou como voluntária no Banco de Leite, onde conheceu o método BLW (Baby Led-Weaning) e percebeu que estava na direção certa de sua escolha profissional. Esse método é o desmame guiado pelo bebê, no qual a introdução alimentar é feita por meio de alimentos sólidos, ou seja, nada de papinhas e suquinhos. A nutricionista diz que, “na verdade, o BLW é uma abordagem ampla que contempla o respeito ao desenvolvimento natural do bebê. Aos seis meses, o bebê come com as mãos e isso é tudo o que ele consegue fazer e muitas vezes nós vamos lá, e fazemos por ele, tentando ajudá-lo, mas estamos podando e atrapalhando o seu desenvolvimento. Ali, percebi que esse método complementou mais uma vez no que eu acreditava. ”, explica.

A especialização feita por Kátia faz com que ela consiga quebrar muitos paradigmas que a sociedade impõe sobre o que deve ser dado ou não para um bebê. Muitas pessoas acham que o bebê está passando fome, somente por estar na amamentação, mas o Ministério da Saúde explica em seu Manual de Amamentação, que todo profissional que faz assistência materno infantil deve saber avaliar a amamentação, incluindo nutricionistas.

Com isso, a baby nutri diz que “se todo profissional seguisse as orientações adequadas da amamentação certamente teríamos um resultado muito mais satisfatório. Porque há profissionais que desencorajam o aleitamento materno, sendo que as orientações são de manter a amamentação até dois anos. No entanto, quando chegar em dois anos, se a mãe do bebê desejar continuar é possível e saudável, quanto mais melhor. ”, orienta.

É preciso ter em mente que o leite materno é a primeira vacina para o bebê e a Baby Nutri orienta os papais sobre a importância da amamentação exclusiva, ou seja, que até os seis meses de idade, o único alimento que o bebê deve receber é o leite materno, “vejam como o leite materno é poderoso! É o único alimento capaz de nutrir 100% as necessidades do bebê. Ele não apenas serve para a nutrição da alimentação, ele também protege, alimenta emocionalmente e fisiologicamente. ”, afirma.
Por isso, a equipe da Baby Nutri acredita e tem como lema que é necessário mais informação e orientação, e menos prescrição. É necessário seguir as etapas e não as pular, curtindo cada momento único com o seu bebê, não tendo o receio de questionar aos profissionais que te atendam, afinal, você e seu bebê merecem o melhor.

Por fim, a nutricionista Kátia deixa uma última dica e orientação, “Você que é papai ou mamãe e fica preocupado em cuidar do seu bem mais precioso, seu bebê, deve se informar sobre esse tema e não se deixar levar pelos vários mitos que há sobre alimentação infantil. ”, diz.

#clickfato #babynutri #NutricionistaKatiaSantoro #ClaudianaRosario