Categorias
Empreedorismo

Saiba qual é a agência responsável pelo licenciamento de “O Diário de Mika”

A agência “Thiaggo Camilo – Comunicação & Licenciamento”, do renomado jornalista e assessor de imprensa Thiaggo Camilo, é a grande responsável por todo o licenciamento da série infantil nacional “O Diário de Mika”.

“Estou muito feliz com essa oportunidade que a Supertoons me deu. Comecei como assessor de imprensa da série e hoje atuo no marketing e licenciamento. Muito feliz em trabalhar com uma das propriedades infantis que mais crescem no Brasil e no mundo. Essa é a minha primeira propriedade e a Mika veio para me trazer muita sorte”, declara Thiaggo Camilo.

Atualmente a série possui contrato de licenciamento em diversos segmentos com grandes empresas como: Adijomar Brinquedos, Mercotoys, Lovely Toys, Selecto Ice, Magic Candies, Injetemp, 3B Cadernos, Rio de Ouro, entre outros.

Mesmo em meio a uma pandemia como a do coronavírus na qual a economia deu uma retraída, foram firmados contratos recentes como a LB Bio para álcool em gel e protetor solar, Joker Socks para máscaras faciais e meias, Criativando para Papel de Parede e a Xok´s para sorvete e milk-shake, e a Festcolor e Piffer para artigos de festas. Além de uma brinquedoteca para as crianças na rede Odonto Joy.

A agência segue negociando outros contratos para categorias que ainda estão em aberto vestuário, alimentação, bebidas e puericultura.

A série infantil já foi indicada ao Emmy Kids na categoria “Pré-Escolar” em 2017 e foi a primeira no país a disponibilizar a tradução em libras. Atualmente é a mais indicada entre os professores em sala de aula para alfabetização das crianças.

Para mais informações no Facebook (www.facebook.com/thiaggocamilo) ou Instagram (@thiaggocamilopress).

#ClickFato #ODiárioDeMika #Supertoons #AssessoriaDeImprensa #Licenciamento

Categorias
Televisao

Trilha sonora da série “Os Chocolix” chega as plataformas de streaming

As músicas da série nacional “Os Chocolix”, criada por Jacqueline Shor, acaba de chegar as plataformas de streaming através da ONErpm, para a alegria da criançada.

A série apresenta canções com letras lúdicas, com o intuito de educar e entreter as crianças ao mesmo tempo.

Atualmente a série está na segunda temporada e faz o maior sucesso nos canais de televisão Nick Jr, TV Cultura. Além do canal oficial do Youtube que está sempre trazendo novidades e conteúdos exclusivos para os fãs da série.

O álbum da primeira temporada com 12 músicas podem ser encontradas em plataformas como Spotify, Deezer, Amazon Music e Tidal.

#OsChocolix #JacquelineShor #Spotify #ONErpm

Categorias
Geral Noticias

Policiais Militares salvam a vida de recém-nascida após mãe dar à luz

Na manhã desta segunda-feira (14), por volta da 7h15min, Policiais Militares do 5° Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, auxiliaram uma gestante momentos depois dela dar à luz e o bebê vir cair ao solo.
Os policias foram acionados via COPOM (Centro de Operações da Policia Militar), para apoia a uma gestante em trabalho de parto, quando os policiais militares chegaram ao local, Praça Tókio, 204, a criança já havia nascido, vindo a cair no momento de seu nascimento e estava desacordada.

A equipe então realizou o clampeamento do cordão umbilical e com utilização de técnicas de primeiros socorros, conseguindo êxito em reanimarem a Recém-nascida, presenciando seu primeiro chorinho. O Soldado ALEX, pai de uma menina , observou a importância da primeira amamentação, pois, durante o pré-natal de sua esposa, o obstetra havia frisado esse detalhe e então a Soldado LAÍS auxiliou a mãe nesse momento tão especial, que é a primeira alimentação da pequena CLARICE.

Cabe ressaltar, a parturiente de nacionalidade Boliviana, não compreendia plenamente o idioma e nervosa pelo ocorrido, foi acalmada pelos policiais, que conseguiram prestar esse apoio, contando com o auxilio e experiência de uma equipe do Corpo de Bombeiros, que também foram até o local.

Mãe e filha foram socorridas ao hospital Vereador José Storopollis, onde estão receberam atendimento médico e passam bem.

#ClickFato #PoliciaMilitar

Categorias
Geral

Solidariedade – O 5° BPM/M Realizou a Entrega de Cestas Básicas no Bairro da Vila Maria em SP

Na última quinta-feira (10), os policiais do 5° Batalhão mais uma vez agiram com o sentimento de solidariedade em prol da população mais vulnerável.
Principalmente, nesse momento em que a sociedade está submetida à constantes acontecimentos inesperados de ordem natural e também social, precisamos colocar constantemente em prática nossa empatia e solidariedade.
Pensando nisso, nossos policiais da 1ª e 2ª Companhia se uniram e conseguiram realizar a entrega de 80 cestas básicas e 50 cobertores.
Parabéns aos policiais envolvidos, atitudes como essa honram e mostram que o compromisso da Polícia Militar com a  sociedade vai além de garantir a Segurança Pública.

#policiamilitar #zonanorte #quintobatalhao #clickfato

Categorias
Empreedorismo

A arte transcendental de Priscilla Vezzit Ferreira

Antes da Internet era muito mais difícil o acesso à informação. Agora, vivemos o extremo oposto: temos mais do que conseguimos digerir e assimilar. Assim é com a Arte, também. Em paralelo às galerias físicas, há uma vida nova, uma onda criativa, representada por inúmeros artistas que chegam com propostas inovadoras. Para eles, a concorrência se multiplica na web, todos buscando espaço e atenção. Entre tantos, há aqueles poucos que, com sua criatividade e talento, chamam nossa atenção.

A artista visual Priscilla Vezzit Ferreira se encaixa nesse perfil. Ela surge no cenário artístico com enorme impacto. Seu trabalho nos atrai de um modo que é impossível ficarmos indiferentes.

Brasileira, hoje radicada na França, Priscilla primeiro dominou os mistérios da Fotografia. Trabalhando com Turismo, viajou por todo o mundo registrando com maestria as imagens de cada país que visitou. Hoje na Arte Digital, ela vem roubando a cena com um trabalho que tem a beleza como ponto de partida.

Uma beleza exótica que está no rosto da Dama de Espadas e no colorido de borboletas que expressam as convicções da própria Priscilla, como o amor à Natureza e a reflexão da condição humana. Ideias e imagens que levam a inúmeros convites. Em sua agenda, estão programadas exposições no Carrousel du Louvre, na Casa Expo no Brasil, entre outras.

A assessoria de Marisa Melo, da UP Time Art Gallery, é mais uma garantia de que a artista já é parte do círculo mais promissor dentro da Arte Contemporânea. Para saber mais, confira o site e conheça esse trabalho incrível. Priscilla, nas asas de sua imaginação, nos convida a voar junto. Ela mesma alçando voos cada vez mais altos.

Guarde esse nome: Priscilla Vezzit. Vamos ouvir falar muito nela!

Saiba mais:

Instagram: @mme_priscilla.vezzit.ferreira

#UPTimeArtGallery #MarisaMelo #ArtistaVisual #PriscillaVezzitFerreira

Categorias
Geral Musica

Família Kogos faz live show na Pinacoteca Benedicto Calixto Em Santos

A Pinacoteca Benedicto Calixto, um dos cartões postais da cidade de Santos em frente á orla será palco, no dia 07 de setembro, da live show da Família Kogos, umas das mais tradicionais da Baixada Santista, formada por Francisco Kogos e Marcel Kogos. Devido à pandemia de Covid-19, o evento será transmitido ao vivo pelo Facebook e Instagram da Pinacoteca, a partir das 18h00.

No show, o duo apresentará um repertório eclético de artistas da MPB, como Altemar Dutra, Nelson Gonçalves, Chico Buarque, além de boleros e canções internacionais. “Será um show para toda a família e contamos com a audiência de todos vocês”, convida Marcel Kogos.

Influenciados por nomes como Frank Sinatra e Elvis Presley, a Família Kogos iniciou sua carreira musical no ano 2000. A mistura de dedicação, amor à música e união parece ser o segredo da família que conseguiu se estabelecer há duas décadas no difícil cenário musical brasileiro, nunca abrindo mão da sua verdade artística e qualidade musical. “A música sempre esteve presente na vida da família. Cresci em um ambiente musical, casei com uma pianista e aprendi a escutar todos os estilos musicais, sem preconceito. Como pai, sempre incentivei meu filho e acredito que o envolvimento dele com a musica foi natural”, disse Francisco Kogos, o patriarca da família.

Serviço:
Live Show Familia Kogos
Quando: 07 de setembro, segunda-feira
Horário: 18h00

Transmissão: Instagram @pinacotecabenedictocalixto / Facebook: https://www.facebook.com/FundacaoPinacotecaBenedictoCalixto

#ClickFato #FamiliaKogos #Live

Categorias
Entretenimento

Produtores musicais Orlando Baron e Luis Gustavo se reinventam e criam solução completa para mercado musical

Não é de hoje que a indústria musical precisa se reinventar para poder acompanhar as transformações tecnológicas e, em consequência, o comportamento do seu público. A revolução do mercado fonográfico fez com que os músicos ampliassem o seu campo de visão, podendo explorar oportunidades e caminhos que antes eram impensados. Foi unindo a mais vasta experiência no ramo artístico com as inúmeras possibilidades da atualidade que surgiu a LB7 Produções Artísticas, uma das empresas mais completas do ramo da música no Brasil.

O objetivo é levar ao mercado artístico a solução de maneira integrada: produção musical, marketing digital, foto e vídeo, gerenciamento e gestão de carreira, assessoria de imprensa, assessoria jurídica e comercialização de shows, tudo em um só lugar. A empresa conta com profissionais já consagrados no mercado como Marcinho Costa, contratante de shows que já atua há 20 anos no show business, e Alessandra Calia, advogada especialista em direitos autorais ligados à música, que já trabalhou no ramo com artistas de renome.

 

O nascimento da LB7 foi resultado de uma parceria de trabalho e amizade entre Luís Gustavo e Orlando Baron. “Vimos uma real urgência do mercado em encontrar todas as necessidades em um único lugar. Queremos que o artista venha até nós e receba tudo o que precisa para a sua carreira”, diz Baron. O casting da produtora atualmente conta com Pedro & Paraná, Kaik & Alessandro, João Anesi e Kamila. Luís Gustavo conta como sua experiência em diferentes gerações do cenário musical pode contribuir para o trabalho. “É essencial não ficar preso ao tempo, escutar tudo e estar aberto às novidades. Tento transpor essa vivência para a formação dos artistas que surgiram no meu caminho”, diz.

 

Com quase 40 anos de carreira no ramo musical, Luís Gustavo traz em sua bagagem anos de trabalho com a dupla Chitãozinho & Xororó, que resultou em várias premiações. Entre elas, um Grammy pelo DVD “Chitãozinho & Xororó 40 Anos Sinfônico” (2012), sob regência do maestro João Carlos Martins, em que Luís trabalhou como músico, arranjador e diretor musical. Ele também foi responsável por lançar o grupo Tradição, do qual Michel Teló era integrante, além de ser um dos músicos mais atuantes em estúdio no cenário nacional, tendo em destaque nomes como Sandy & Junior, Zezé Di Camargo & Luciano, Pedro Mariano, João Mineiro & Marciano, Chrystian & Ralf, Ivan Lins e muito mais.

 

Em meio a gravações, Luís conheceu o renomado produtor musical Orlando Baron, reconhecido por trabalhos de produção e arranjos para grandes artistas como João Bosco & Vinícius, que deslanchou a carreira da dupla e popularizou o gênero sertanejo universitário no Brasil. Ele assina os arranjos de grandes sucessos de Luan Santana, como Meteoro, Você não sabe o que é amor, Desculpas e As Lembranças Vão Na Mala. Baron também foi responsável por arranjos do DVD Fernando & Sorocaba Acústico 1, que explodiu a música Madri, e Acústico 2, gravado na Ópera de Arame, em Curitiba. Seu trabalho com Sérgio Reis no álbum Questão de Tempo resultou em um Grammy Latino em 2014 e traz também em sua trajetória trabalhos com Daniel, Gian & Giovani, Teodoro & Sampaio, Inimigos da HP, Milionário & José Rico, Henrique & Diego, Jads & Jadson e mais.

#ClickFato #LuisGustavoGarcia #OrlandoBaron #LB7ProducoesArtisticas

 

 

 

Categorias
Televisao

Jacqueline Shor, criadora de “Os Chocolix”, participa do “Temperando o Papo” na TV8

Jacqueline Shor, criadora da série infantil “Os Chocolix”, gravou participação no programa “Temperando o Papo”, comandado por Hariane Fonseca na TV8.

Jacque contou todo o processo de criação do projeto, além de mostrar aos telespectadores, o livro baseado na série, lançado pela editora Melhoramentos e os brinquedos da KidsZone. Ao final do programa Jacque e Hariane dançaram ao som da música “Chocolelê”, tema da série, e uma das músicas preferidas da criançada.

Os Chocolix é um sucesso na grade infantil do canal, e é exibido de domingo a domingo as 10h45.

#OsChocolix, #JacquelineShor, #TV8, #TemperandooPapo, #HarianeFonseca,

Categorias
Geral influencer

Confira uma entrevista com a artista visual Adélia Clavien

Adélia faz da curiosidade seu caminho para novas descobertas, às quais dedica todo seu talento e sua energia. Sua paixão pela arte se manifesta com intensidade: Música, Dança, Fotografia e Pintura são instrumentos para que ela expresse sua visão segura e muito própria da vida. Tocando sax, acordeão (sanfona) ou compondo suas imagens, é sua personalidade que se faz presente e nos dá um exemplo real de como é a vida quando vivemos aquilo que nos faz felizes.

Nesta entrevista, Adélia nos fala sobre a Suíça, seus primeiros passos e sua visão da Arte e da sociedade.

Como a Arte entrou em sua vida?

Sempre gostei de Arte e sempre fui muito curiosa. Isso me levou a descobrir o prazer e o encanto na dança, na música, na aprendizagem de idiomas estrangeiros e na fotografia com a qual eu desenvolvi muitas capacidades de apreciação do mundo e das belezas que nos rodeiam. Com os vários idiomas aprendidos eu criei a possibilidade de me comunicar com as pessoas. Acho fantástico poder conversar onde quer que eu vá e compreender o que se está falando ao meu redor. Eu sou assim: quero saber, quero fazer, quando tenho curiosidade eu vou em frente. Música, Fotografia, Pintura, se transformaram em grandes paixões (entre muitas e muitas mais…).

O que a levou a morar na Suíça?

É uma história interessante, engraçada até. Com 18 anos, vivi aquela coisa de adolescente, queria sair de casa, viajar. Fui visitar minha irmã que vivia na Suíça e me apaixonei pelo país. A Suíça é linda, você se sente num cartão postal. No início vim com uma amiga. O plano era dar a volta ao mundo. E a volta ao mundo parou na Suíça (risos), nunca mais saímos daqui. Sempre volto a Portugal para visitar a família, mas já faz mais 40 anos que a Suíça conquistou meu coração. Os suíços dizem que eu sou mais suíça que eles mesmos pois o fato de eu ser muito organizada faz parte do meu sucesso . Eu sou muito “quadrada” – quando eu faço qualquer coisa tem de ser bem feito. Por isso mesmo eu falo que eu tenho uma maneira de funcionar muito suíça e que me tem favorecido bastante no mundo do trabalho e agora no mundo da pintura. Em Portugal também me dizem que eu fiquei muito suíça e não poderia mais viver lá. Se eu voltasse para Portugal eu ia querer revolucionar algumas coisas. Mas como não sou revolucionária por natureza, aí eu continuo vivendo na Suiça. E é claro que continuo amando o meu querido país onde eu vou regularmente – hoje a viagem entre Portugal e a Suíça demora uma hora, uma hora e meia. As distâncias não são nada hoje em dia. A gente tem de viver onde está bem, onde está feliz e eu estou feliz vivendo na Suíça. Eu me identifico com a distinção, com a cultura, com a educação, com o civismo com tantas coisas que gostaria de ver mais valorizadas em Portugal, embora as coisas tenham evoluído por lá. São países e culturas diferentes. Acho que fico o resto da vida aqui. Veremos. O futuro dirá.

Você já esteve no Brasil?

Nunca estive no Brasil mas acho que cada Português tem o Brasil no coração. Não sei se é assim para os brasileiros também. Acho que sim, porque há qualquer coisa entre nós, faz parte das nossas histórias, da sua, da minha, independente do passado, da colonização. Sempre amei o Brasil. Sei que um dia vou visitar o Brasil. É um sonho, já poderia ter ido muitas vezes. Mas eu tenho medo de andar de avião, é tão longe, tantas horas de voo… Eu já fui a Cuba e aos Estados Unidos e foi bastante complicado. Custou-me muitos soníferos. Mas foi tão lindo!
Mas bem no fundo eu sei que um dia eu vou ao Brasil!

Sua biografia apresenta uma pessoa multifacetada: música, pintura, informática e fotografia. Como você desenvolveu esses dons?

Eu só desenvolvi o que comigo já nasceu ! Minha mãe era uma pessoa de negócios que apreciava muito a música, a Natureza e todas as coisas belas da vida. Desde pequena envolvida pelas canções, comecei a tocar acordeão (sanfona) com 8 anos. Começou espontaneamente, essas coisas não têm explicação. Acho que os dons fazem parte da personalidade de cada um de nós e às vezes certas pessoas se dedicam a desenvolvê-los e outras não. Quando eu sinto que há algo que me interessa eu vou em frente e tento. Se não der certo, não deu certo. Se eu sinto que tenho um dom, eu vou pesquisar, vou fazer o possível para aprender e me dedicar 100%.

Em sua Arte você retrata muito o Feminino, há mulheres famosas de décadas passadas. Fale sobre isso.

Em minhas imagens eu trago mulheres famosas, não-famosas, anônimas, predomina o feminino mas há espaço para o masculino também. Há rostos marcantes que me “falam”, olhares, jeitos, atitudes que me atraem. Não tem nada a ver com política, tem a ver com beleza ou com a expressão de certas pessoas – são rostos que simplesmente me atraem. Claro que há certas personalidades que eu retratei e que tenho sempre ideias para elas. É o caso da Marilyn Monroe. Eu sempre adorei a Marilyn por sua beleza extrema. Há uma doçura, uma tristeza nela. Não sei por que, muitas vezes vou fazer um retrato e quando percebo já estou de novo na Marilyn. Marilyn, Charles Chaplin, Hugh Grant (esse ainda não publiquei), Leonard Cohen, que ainda não publiquei também etc. São rostos que dizem algo, são expressivos, que eu aprecio e tem aquela coisinha difícil de explicar: eu gosto. Pinto mais mulheres, não sei, talvez por sermos mais bonitas (risos). O que prevalece é o momento. Eu tenho um enorme banco de imagens: fotografias, estruturas, flores, objetos, jovens, mulheres, animais e quando vou decidir o que vou fazer hoje, de repente já optei pela mulher novamente. A explicação pode estar no olhar das mulheres. Um olhar que diz muito. Talvez seja por isso.

Como desenvolveu seu estilo?

Meu estilo? Qual? Pop Art? Abstrato? Naive? Ultimamente estou mais concentrada no Pop Art, meio parada no abstrato. Gosto muito de fazer abstrato, mas tem faltado tempo. E o público está gostando muito do Pop Art. Isso começou assim, numa brincadeira. Eu sempre fiz muitas composições de fotos, eu sempre gostei disso. Vinte anos atrás (eu sempre guardo minhas fotos, gosto muito de revê-las) eu já fazia minhas composições. Antes mais simples, elas com o tempo se tornaram cada vez mais interessantes, mais profundas, e trazem toda uma mensagem. É um estilo muito bonito e que está agradando muito. Quanto mais eu vejo que agrada, mais eu invisto, tento fazer cada vez melhor, mais forte de modo a realmente causar impacto.
E a primeira dessa série de Pop Art começou numa brincadeira. Eu sempre fotografei, então fiz muitas fotos da filha do meu companheiro, Tierry. Num Natal eu não sabia o que dar de presente, os adolescentes hoje têm tudo, então eu pensei: Por que nao fazer um quadro assim, especial, com uma das bonitas fotos da Marina? E eu fiz um quadro 100×100, um quadro grande uma composição bonita, de 7 ou 8 fotos, ficou muito bonito ela adorou. Foi assim que começou esta bela aventura que tem me levado a fazer minhas obras viajarem para vários países do mundo.

Nós sabemos que a arte reflete o contexto social de sua época. Como ela se caracteriza nos tempos atuais e o que estaria refletindo sobre o mundo em que vivemos?

A Arte, é claro, reflete o mundo que vivemos. E o que vivemos hoje é a mescla de muitas coisas, de muita informação e talvez isso também possa ser dito dos meus Pop Arts. Pequenos fragmentos de informação, às vezes meio escondidos, muitos detalhes, muitas mensagens sobre a nossa sociedade que eu queira passar, às vezes até mesmo de forma inconsciente. Quando estou fazendo minhas composições, é tudo muito rápido, mas às vezes até parece que há qualquer coisa que me atrai e me faz chegar até uma foto e eu sinto: É isso que eu vou por! Não é estudado, é muito espontâneo o que eu faço e depois quando está terminado eu me pergunto: mas por quê eu fui escolher esta imagem? Não sei. Não tem nada a ver com política, com fatos, com personalidades, tem a ver com o que eu sinto no momento. Com a minha espontaneidade, o que me fala, o que me atrai e é isso que eu tento passar para os meus projetos. No fim eu digo: é isso mesmo que eu queria com essa imagem! Nesse momento eu sinto que consegui criar e fico contente comigo mesma.

Em sua avaliação, qual o papel do artista na sociedade?

Eu questiono o próprio termo “artista”. Sou uma apaixonada pela Arte e pela descoberta, sou curiosa. Eu acho que o artista tem um papel importante na sociedade mas ele nem sempre é bem interpretado. Muitas vezes sua influência só acontece mais tarde. Às vezes o reconhecimento não chega em vida. Só quando ele não está mais entre nós é que ele é descoberto, admirado e compreendido pelo público. Muitas vezes o artista vive como um anônimo. Ninguém compreende realmente sua mensagem. Mas é muito importante o seu papel. Ao proporcionar o prazer estético, a Identificação e todo um conjunto de mensagens ao mesmo tempo poéticas e sociais.

Quais pintores você mais admira?

Pintores que admiro? São tantos, tantos, tantos… Eu sou uma grande admiradora de tudo que é Surrealismo. Gosto muito do Clássico, do Contemporâneo, gosto muito da loucura de um Degas, do dom de um Goya, de um Toulouse-Lautrec, do Dante Gabriel, do Dalí, Michel Salvati, Hans Dahl, Pierre de Courtois, Antoine Watteau. Gosto muito de Michelangelo, do chinês Zao Wou-ki. Hoje as plataformas digitais nos permitem conhecer um número enorme de artistas maravilhosos. Esperamos que eles possam ser um dia reconhecidos e que também deixem suas marcas na história porque infelizmente quando se fala de artistas, para os grandes museus (essas grandes empresas), são sempre os mesmos, já sabemos: é Dalí, é van Gogh, é Goya. Temos tantos milhões de artistas. Agradeço muito a você Marisa e a todos que trabalham para dar destaque aos artistas de hoje que, talvez, também marcarão sua presença na história artística do futuro. Espero que sim. Há lugar para todos, o livro é grande.

Qual obra sua você destacaria como um marco na sua vida artística?

Eu destacaria uma imagem da Marilyn Monroe, que marcou muito, e continua a marcar. Foi uma das primeiras, em vermelho. “Eu amo América”, foi a que me fez ser convidada para expor na América. Foi exposta e comprada lá. Ela tem sido vendida em diferentes edições. É uma obra que me toca. Que me marca e continuará a marcar porque é uma obra forte. Ela apresenta uma rachadura no meio, que remete à vida da Marilyn: o lado belo e o sombrio. Nós também temos em nossas vidas um lado belo e um lado de tristezas e dramas. É a obra que eu destacaria.

Qual sua mensagem para quem está começando na Arte?

Eu acho que todas as pessoas que têm a arte no coração, seja pintura, seja dança, seja música, todas as artes ou paixões, têm de ir em frente. Temos um compromisso pessoal de tentar exprimir, tentar mostrar aos outros o que sentimos, sem nos deixarmos abater por comentários que por vezes tentam nos derrubar. Você não pode se deixar impressionar por eles. Se você tem uma ideia, uma paixão, há que ir até o fim com ela, realizá-la. É muito importante realizar os nossos sonhos, nossas paixões. E justamente quando estamos no começo da jornada precisamos ser fortes porque muitos podem não apreciar, não admirar ou não compreender o que queremos exprimir. Então pode haver críticas negativas e isso pode ter um efeito destrutivo. O artista deve ser forte e acreditar em sua própria arte. Aí ele consegue avançar. A nossa paixão primeiro. E depois, todo o resto.
Combatemos, buscamos e estamos cientes de nossa própria arte, então quer os outros gostem ou não, vamos em frente. Um dia isso só nos trará felicidade porque chega um momento em que as pessoas gostam, apreciam e conseguem finalmente compreender o que transmitimos. É um prêmio, uma satisfação muito grande. Enfim, o importante é nunca se render e acreditar muito em você mesma.

Saiba mais sobre Adélia Clavien:

Instagram: @adelia.clavien
http://www.adelia.ch
https://www.facebook.com/adelia.clavien
www.uptimegallery.com
Instagram: @uptimeartgallery

#ClickFato #AdeliciaClavien #UpTimeArtGallery

 

Categorias
Fitness Geral Saúde

Dra. Vanessa Moreira lança curso de detoxificação: a chave para o corpo saudável

A quarentena tem nos colocado em diversas situações de ociosidade e estresse, fazendo inclusive com que o corpo produza toxinas, ocasionando também o aumento de peso. Muitos chegam até em optar por dietas milagrosas. É óbvio que acabam perdendo peso, mas poucos dias depois, os quilinhos voltam.

Pensando em como apoiar as pessoas durante o isolamento social, a biomédica Dra. Vanessa Moreira, também é analista do Sangue Vivo, terapeuta e palestrante, criadora do método Key Of Life, criou um curso que tem como objetivo principal a detoxificação emocional, física e mental.

“Tudo que eu falo no curso é voltado para a questão da saúde e emagrecimento saudável. Abordo sobre a toxicidade e o estresse, como evitá-los, e ainda aponto os benefícios da boa alimentação.” Esclarece a Biomédica.

O curso ajuda não só no emagrecimento, mas inclusive em manter-se no peso ideal. Como? Limpando o próprio corpo ao eliminar as toxinas, diminuindo inflamações, acabando com a retenção de líquido, ou seja, situações comuns provenientes da quarentena. Além disso, ao assistir todos os módulos, a pessoa tende a diminuir o estresse, baixando consecutivamente a ansiedade.

“O isolamento social pode fazer com que a pessoa, ao ter a comida sempre por perto, já que está dentro de casa, passe e criar o vício de comer compulsivamente, fazendo disso um hábito pela ociosidade.” Comenta a Dra. Vanessa.

Voltado para todos os públicos, já que não é uma orientação rígida e sim ampla, o curso apoia as pessoas em qualquer outra terapia que a mesma esteja fazendo.

“Ao adquirir o curso, o aluno passa a ter vários bônus, que são e-books com riquíssimos conteúdos no que se refere à alimentação saudável, com receitas e etc.” Finaliza.

 

Saiba mais: www.keyoflife.com.br