Categorias
Geral Musica

Sakura Hz, projeto do artista brasileiro tem música na trilha de Pieces of a Woman, da Netflix

Sakura Hz é o nome artístico do projeto de João Pedro Miiller Bianchini (JP Bianchini), produtor musical de 23 anos de Campinas. O jovem artista acaba ter a faixa “chill.” incluída na trilha do filme Pieces of a Woman da Netflix.

Neste projeto, de música eletrônica alternativa, o artista explora diferentes sonoridades, sem se ater ou limitar a gêneros específicos. Suas músicas variam desde calmas e relaxantes até agressivas e conceituais.

Entre os principais estilos do artista, estão o lofi e o future bass, porém frequentemente explora outros gêneros dentro e fora da música eletrônica.

Dentre os diversos sons do artista, a música “chill.”, faixa instrumental de lofi hip hop, com grande inspiração dos anos 80, ganhou notoriedade ao ser promovida pelo canal Audio Library, passando a ser utilizada por diversos YouTubers em seus vídeos, e atingindo mais de 1 milhão de visualizações.

A popularidade da música fez com que chegasse aos ouvidos da equipe de produção do filme Pieces of a Woman e culminou com sua inclusão na trilha sonora oficial.

“chill.”, bem como as demais criações do artista, foi feita de forma totalmente independente, sendo ele responsável por 100% do trabalho, desde a composição e produção, até a mixagem e masterização. Além disso, o artista gerencia pessoalmente todos os aspectos de sua carreira, incluindo distribuição, divulgação e identidade visual. Todo o trabalho é realizado em um home studio na cidade de Campinas.

Sobre JP Bianchini
João Pedro Miiller Bianchini é um compositor e produtor musical, formado em Produção Musical e Mixagem & Masterização pela Escola de Música Eletrônica AIMEC de Campinas.

Além de compor trilhas sonoras para diversos projetos, como jogos eletrônicos e vídeos corporativos, também lança música eletrônica alternativa sob o nome sakura Hz.

Pieces of a Woman
Pieces of a Woman é um filme americano-canadense de drama, dirigido por Kornél Mundruczó, e roteirizado por Kata Wéber. Estrelado por Vanessa Kirby e Shia LaBeouf e com produção executiva de Martin Scorsese, o filme, considerado um forte candidato a indicações ao Oscar, foi adquirido pela Netflix, e lançamento mundial no dia 7 de Janeiro.

O filme foi um dos maiores sucessos do Festival de Veneza, onde teve sua estreia, e Kirby garantiu a taça Volpi de Melhor Atriz.

 

#ClickFato #ClaudeLopes #SakuraHz #PiecesOfaWoman #Netflix #JoaoPedroMiillerBianchini #JPBianchini #chill

Categorias
Destaque Geral Musica Televisao

Edição online do Festival de Música Nacional FM é um sucesso e bate recordes de inscritos

O início de 2021 foi marcado pela transmissão da 12ª edição do Festival de Música Nacional FM, que aconteceu, pela primeira vez, em formato totalmente online. Os vencedores foram anunciados no início do mês de dezembro, mas o evento só foi transmitido na TV no primeiro dia deste ano. Além do formato diferente, e inédito, a edição do festival também contou com um novo recorde no número de músicas inscritas.

Desde o mês de março de 2020, os músicos e as principais bandas do Brasil trocaram os palcos e os festivais pelas lives nas redes sociais e também nas plataformas de compartilhamento de vídeo. Essa nova forma de acompanhar o show foi considerada um sucesso, já que mais de 85 milhões de brasileiros, segundo pesquisa divulgada pela Google, acompanharam alguma live durante o ano passado.

Isso mostra que as plataformas digitais estão cada vez mais ganhando espaço na vida das pessoas, principalmente no entretenimento. No próprio mundo da música, as plataformas de streaming conseguiram acabar de vez com os CDs, os DVDs e qualquer outra forma de escutar música. Empresas como o Spotify e a Deezer, por exemplo, se transformaram em gigantes do mundo da música com os serviços totalmente digitais.

Contudo, não é apenas na música que os impactos das novas tecnologias são cada vez mais evidentes. Por exemplo, a indústria do cinema perdeu espaço também para o streaming, que se transformou na plataforma perfeita para os fãs de filmes, documentários e séries. A mesma coisa aconteceu com os aficionados por jogos de cassino online, como o pôquer, a roleta e o blackjack. Os principais sites de apostas são cada vez mais interativos e interessantes para os jogadores que apostam online. Por último, não podemos deixar de lado as redes sociais, que estão se transformando em plataformas essenciais na vida das pessoas, seja para compartilhar uma foto ou escrever a opinião sobre algum acontecimento importante.

Festival inovador

Seguindo essa tendência digital, a 12ª edição do Festival de Música Nacional FM foi realizada, pela primeira vez, sem a presença de público e em formato totalmente online. Ou seja, ao invés dos artistas se reunirem em um local para os shows, todas as apresentações foram gravadas e transmitidas via plataforma de compartilhamento de vídeo. Isso fez com que o festival conseguisse um novo recorde no número de inscritos.

A própria organização confirmou que foram 319 músicas inscritas, o que significa um aumento de 30% no número de artistas que estavam concorrendo aos prêmios. Em 2019, apenas 229 trabalhos foram avaliados pelo júri e pela votação online. Assim, é possível dizer que a premiação organizada pela Rádio Nacional FM, que é de propriedade da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), foi considerada um sucesso inédito.

Todo o evento foi transmitido pela TV Brasil, no dia 1º de janeiro, justamente para começar o ano com um incentivo importante para o cenário musical brasileiro. O programa foi apresentado por Karina Cardoso e Mário Sartorello, que foram as duas únicas pessoas a dividir o palco do Teatro da Caixa Cultural, em Brasília. A apresentação das músicas e dos vencedores foi toda realizada via streaming com os participantes.

Os vencedores

Diferentes dos grandes festivais de música brasileira, como os famosos eventos do VillaMix Festival, o Festival de Música Nacional FM abre espaço para artistas que ainda buscam destaque no Brasil. Por isso, a premiação é voltada para nomes menos conhecidos, mas que mostram uma qualidade incrível para cantar e reproduzir algumas músicas autorais. Por exemplo, o prêmio de Música Mais Votada pela Internet ficou com o jovem cantor Mikael Pederiva pela canção João Ninguém.

Outro destaque na premiação da noite foi a cantora Júlia Carvalho, que venceu com a música Foice o troféu de Melhor Intérprete Vocal. Entretanto, o prêmio mais importante da noite, que foi da categoria Melhor Música com Letra, ficou com a dupla Kirá e a Ribanceira, que cantaram Dia de Feira. Era Pra Ser Relax, Ian Coury Trio, Natália Pires e a dupla Daniel Rodrigues e Breno Alves foram outros premiados da noite.

O Festival de Música Nacional FM de 2020 foi um marco para o cenário brasileiro de música, principalmente pensando no futuro. Com cada vez mais integração ao mundo digital, os artistas tiveram a oportunidade de perceber o potencial das lives e dos festivais online. Afinal, nos próximos meses, eventos desse mesmo estilo vão continuar acontecendo. A indústria da música sempre precisa se adaptar com a chegada de novas tecnologias, e conseguir fazer isso é dar um passo certo em uma área tão importante culturalmente.

#ClickFato #FestivalDeMusicaNacionalFM #MikaelPederivaJoaoNinguem #TVBrasilEBC #RadioNacional #ClaudeLopes