Categorias
Carnaval Cultura

Terminal Jabaquara da EMTU/SP recebe o Bloco Carnavalesco Zé Pereira

Cerca de 350 foliões devem participar do desfile que marca a tradicional parceria entre EMTU/SP e Associação Cristã de Moços (ACM)

Na semana que antecede o carnaval, o Terminal Metropolitano Jabaquara recebe neste sábado (15) o desfile do Bloco Carnavalesco Zé Pereira, da Associação Cristã de Moços (ACM) – Centro de Desenvolvimento ComunitárioLeide das Neves (CDC).

Das 18h às 18h30, cerca de 350 foliões devem passar pela área aberta do terminal da Rua Nelson Fernandes até chegar à Plataforma A. Formado por crianças, adolescentes e adultos da comunidade local e outros bairros, o Bloco do Zé Pereira desfila pelas ruas do Jabaquara desde 2006.

O CDC Leide das Neves integra os 20 pontos de atendimento social que a Associação Cristã de Moços de São Paulo disponibiliza para atender crianças e adolescentes moradores de bairros da periferia em situação de risco e vulnerabilidade social.

A proposta do CDC é mudar essa realidade por meio do trabalho com a cultura popular e ações que promovam a igualdade racial. Dentre as atividades oferecidas estão oficinas de artes, teatro, danças, recreação e lazer, percussão, maracatu, capoeira, informática e outros.

Serviço

Ação: Desfile do Bloco Zé Pereira
Data: 15/02 (sábado)
Horário: 18h às 18h30
Local: Terminal Metropolitano Jabaquara
Endereço: Rua Nelson Fernandes, s/nº – Jabaquara – São Paulo​

 

Categorias
Noticias

Mar de Minas pede socorro: investidor local fala sobre os baixos níveis d’água

Chamada de “paraíso das selfies” por muitos turistas, a cidade de Capitólio passou a ter um imenso destaque no turismo brasileiro nos últimos anos.

Porém, em meio a todo esse glamour, há uma grande preocupação que vai além da beleza e do turismo: o “Mar de Minas” (lago da represa de Furnas, para ter mais exatidão, e onde fica Capitólio) está com os níveis cada vez mais baixos.

José Antônio da Silva Júnior, morador da região e também investidor de imóveis no local, entre eles o Mangata Residencial, conta que muita coisa mudou de sua infância para hoje.

“Enquanto criança, o nível das águas de Furnas era mais constante, em alta e oscilava de acordo com a estação do ano, acompanhando as épocas de chuva e estiagem. E agora percebe-se que os fatores climáticos já não são garantia de expectativa para previsão do nível da água”.

Em um vídeo publicado no YouTube, o jornalista Alfredo Bessow levanta a preocupação quanto ao desleixo da questão, mostrando imagens do lago artificial quase seco, que começou a ser construído em 1957, formando o lago em 1963.  E ele afirma: a situação não é nada confortável e a queda d’água escancara a ganância por lucros. (veja o vídeo no final do texto)

“Esse baixo nível das águas de Furnas nunca foi revelado explicitamente a nós, moradores e empreendedores da região, mas a principal e mais atual justificativa é a de que estaria servindo para abastecer o Rio Tietê. Esse volume destinado ao Tietê é para melhorar e manter sua navegação”, conta José Antonio.

Ele diz não ser contra compartilhar o volume d’água, desde que não acarrete prejuízo financeiro, como vem acontecendo com a agricultura, piscicultura, turismo etc.

“Já existe uma luta de interessados para manter uma cota mínima (cota 762), o que corresponde a cerca da metade da capacidade total de Furnas. Isso pode acontecer sem que lese os usuários do Rio Tietê e, principalmente, nós da região do Lago de Furnas, que somos os principais abençoados com esse Mar de Minas tão gigante e imponente, que nesse momento parece tão triste pelo baixo nível”, pontua.

José Antônio da Silva Júnior, morador e investidor local

Mar de Minas pode ser a próxima Cancún Brasileira?

Como investidor de um condomínio de luxo na região, obviamente José Antonio acredita nos potenciais turísticos e econômicos que existem em todo o Mar de Minas.

Tanto que o local atualmente é comparado com Angra dos Reis (RJ), chamada por muitos de “Cancún Brasileira”, e trazendo Capitólio e suas adjacências como a promessa de sucessora de Angra nesse codinome – ou mais um belo ponto turístico do Brasil.

“Sem dúvidas, o “Mar de Minas” pode ser potência como Angra, pois na região do Mar de Minas a infraestrutura e as belezas ofertadas são muito mais raras por se tratarem de um espelho d’água doce gigantesco, navegável e mais indicado para a prática de alguns esportes náuticos do que em mar aberto”, lembra Júnior.

Com paisagem única, cânions, cachoeiras, praias artificiais, ecoturismo e muitas outras opções, Capitólio precisa de atenção, ainda mais nesse momento em que vive um auge turístico como nunca antes, mas quase ninguém sabe o que acontece na realidade dos 34 municípios que estão no seu entorno.

Veja o vídeo citado na matéria:

(Créditos das imagens: Summer Passeios/ Divulgação)

#ClickFato #MarDeMinas #JoseAntonioSilvaJr

Categorias
Carnaval Cultura Geral

Sesc Consolação e Biblioteca Monteiro Lobato promovem três dias de folia na Vila Buarque

Com o tema Passarinhos Passarão, programação de carnaval terá oficinas, intervenções artísticas e apresentações dos blocos infantisEmílias e Viscondes, Bloquinho do Giz e Cecilinhas & Buarquinhos

Os pássaros que habitam a Praça Rotary, na Vila Buarque, estarão em festa neste carnaval. Isso porque o Sesc Consolação, em parceria com a Biblioteca Monteiro Lobato, promoverá três dias de muita alegria, música e diversão. A programação, que é totalmente gratuita, acontece nos dias 22, 24 e 25 de fevereiro, das 9h às 12h30, e é dedicada aos pequenos foliões e seus familiares.

Durante os três dias de folia, o público, em especial as crianças, poderá confeccionar diversos adereços, todos eles inspirados nos ilustres moradores da praça: os pássaros. Serão asas, bicos, apitos, máscaras, tiaras e até confete natural, feito com as folhas que caem das árvores. Além disso, o espaço será ocupado por diversos grupos e artistas, promovendo brincadeiras, gincanas, música e dança.

Mas, carnaval só é carnaval se tiver bloquinho, certo? Portanto, para cada dia de festa, haverá a apresentação de um bloco infantil, cantando as famosas marchinhas carnavalescas e convidando o público a cair na folia, com muita música, alegoria e diversão.

Vale ressaltar que as atividades são gratuitas e abertas a todas as pessoas.

Confira abaixo a programação completa:

Oficinas

Confetes Naturais
Dias 22, 24 e 25 de Fevereiro, das 9h às 12h30
Livre
Grátis
Produção de confetes naturais, a partir de tipos variados de folhas de árvores. Com Arumã Brasil.

Apitos de Passarinhos
Dias 22, 24 e 25 de Fevereiro, das 9h às 12h30
Livre
Grátis
Construção de apitos decorados com cabaças. Com Vktor Aijo.

Asas de Passarinhos Foliões
Dias 22, 24 e 25 de Fevereiro, das 9h às 12h30
Livre
Grátis
Criação e decoração de asas de passarinhos, para usar como fantasia, feitas com feltro. Com Roupas com Histórias.

Máscaras e Tiaras de Passarinho
Dias 22, 24 e 25 de Fevereiro, das 9h às 12h30
Livre
Grátis
Criação de diversos acessórios e adereços, para os pequenos usarem na hora da folia. Com Pé de Brincadeira.

Intervenções Artísticas

Encantoria na Folia
Dia 22 de Fevereiro, das 9h às 11h
Livre
Grátis
Rodas de ciranda, coco de roda, cacuriás e outras brincadeiras musicais nos ritmos da marchinha e do frevo. Para a festa ficar ainda mais animada, o Grupo Manuí também utiliza bonecos que simbolizam mitos, personagens e brincadeiras.

Brincadeiras Cantadas e Dançadas do Carnaval Brasileiro
Dia 24 de Fevereiro, das 9h às 11h
Livre
Grátis
Um mergulho no universo das cantigas e brincadeiras da cultura popular. Nesta atividade, as educadoras utilizam música e dança para desenvolver ritmo e a integração do grupo. Por meio de uma narrativa brasileira, as crianças experimentam símbolos e toques populares, e os participantes se tornam personagens.

Passarinhada no Carnaval
Dia 25 de Fevereiro, das 9h às 11h
Livre
Grátis
Os pássaros são alvos de inspiração de diversos artistas. Seja na música, na literatura ou nas artes plásticas, eles inspiram pela sua capacidade de voar, pelas suas cores e seu canto contagiante. Nesta atividade, os educadores irão propor brincadeiras, músicas e jogos inspirados nas aves que vivem na praça.

Bloquinhos

Bloco Emílias e Viscondes
Dia 22 de Fevereiro, das 11h às 12h30
Livre
Grátis
O Bloco das Emílias e Viscondes foi criado em 2006 pelo Instituto Espaço Arterial em parceria com a Biblioteca Monteiro Lobato e as Escolas Estaduais Arthur Guimarães e Professora Marina Cintra. Durante o mês que antecede o desfile, moradores da região e frequentadores da biblioteca confeccionam suas fantasias, ensaiam as marchinhas e constroem os bonecões que desfilam junto com o bloco. O objetivo do trabalho é a preservação e resgate de uma tradição apoiada em festejos de rua que celebra a literatura infantil e as marchinhas carnavalescas, tendo as crianças como protagonistas.

Bloquinho do Giz
Dia 24 de Fevereiro, das 11h às 12h30
Livre
Grátis
O Bloquinho do Giz promove um carnaval com muita arte. Além do confete, da serpentina e das famosas marchinhas, as crianças rabiscam e desenham no chão, fazendo da rua um grande mural coletivo.

Bloco Cecilinhas & Buarquinhos
Dia 25 de Fevereiro, das 11h às 12h30
Livre
Grátis
O Bloco Cecilinhas & Buarquinhos é uma versão infantil do famoso Bloco Cecílias e Buarques, que surgiu em 2014 com o intuito de unir os moradores dos bairros Santa Cecília e Vila Buarque. Por meio de suas marchinhas, o bloco narra o encontro entre a musa Cecília e o malandro Buarque, com um carnaval que cresce a cada ano, levando milhares de pessoas às ruas da região.

Serviço

Carnaval do Sesc Consolação

Passarinhos Passarão
Dias 22, 24 e 25 de fevereiro, das 9h às 12h30
Local: Praça Rotary/Biblioteca Monteiro Lobato – Localizadas entre as ruas Doutor Vila Nova e General Jardim
Livre
Grátis

Sesc Consolação
Rua Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque, São Paulo
Informações: (11) 3234-3000
Estação Mackenzie do Metrô – Linha 4 – Amarela (600m)
Estação República do Metrô – Linha 2 – Vermelha (850m)
sescsp.org.br/consolacao

Categorias
Musica

Leandro Buenno lança “LoveLeveFúria”

O cantor e compositor Leandro Buenno, traz uma sonoridade repleta de referências do R&B internacional, com letras intensas e representativas no seu novo trabalho. A primeira faixa desta nova fase “LoveLeveFúria” acaba de ganhar videoclipe dirigido por Leo Fagherazzi.

 

Este é o primeiro single que o artista  disponibiliza e também título do seu novo EP com lançamento previsto para março. A canção descreve uma confusão do autor que resultou em anos de aceitação e autoconhecimento.

 

“Essa música diz muito sobre quem eu sou hoje, e o que o Leandro do passado precisou vivenciar para conseguir escrever e expressar sobre seus reais sentimentos. Essa música pra mim representa um grito de liberdade”, discursa o cantor. “Fala muito também do meu entendimento como homem, gay e artista, inserido num contexto de alta exposição desde criança. E como apenas hoje, consigo escrever e me expressar de forma realmente sincera e orgânica”, acrescenta.

 

Leandro iniciou sua carreira ainda criança, aos 10 anos, passando por diversos concursos e programas de televisão. Hoje aos 26 anos começa a lançar seu mais novo trabalho autoral e segundo EP da carreira.

 

https://youtu.be/l2j8D1LWGM4

 

 

Ouça nas plataformas digitais: https://song.link/br/i/1495831501

 

Foto: Léo Rodrigues