Categorias
Destaque Geral Noticias

Se chuva continuar, São Paulo pode ter problemas com abastecimento

O Entreposto Terminal de São Paulo, da Ceagesp, está em baixo d´água. É grande o volume de produtos perdidos. Infraestrutura antiquada não resiste às chuvas. Situação é grave. Pode haver problemas de abastecimento na cidade esta semana. As mercadorias atingidas pela enchente são desperdiçadas, pois não são mais aproveitadas para o consumo

Avaliação é de permissionários da Ceagesp, que estão sem condições de atender ao abastecimento nesta segunda-feira, porque o velho entreposto da Vila Leopoldina está inundado. O problema pode comprometer o fornecimento de hortifrutigranjeiros e pescados a feirantes, supermercados, quitandas, sacolões, peixarias e o varejo de alimentos em geral. Além da perda de mercadorias, muitas delas sob a água, a enchente no local bloqueia o trânsito e impede a entrada e saída de mercadorias.

O entreposto é fundamental para o abastecimento dos 12 milhões de habitantes da capital, ou dos mais de 20 milhões da Região Metropolitana, mas não tem mais conseguido atender de maneira adequada à demanda. Inaugurado em 1966, completa 54 anos em 2020. Porém, espremido em área densamente ocupada e sem investimentos, não tem mais capacidade, tecnologia, infraestrutura e instalações compatíveis com o volume comercializado.

São 9,43 mil toneladas de alimentos por dia ou 3,4 milhões por ano. Para comercializar e dar vazão a essa imensa quantidade de mercadorias, 50 mil pessoas e 12 mil caminhões passam diariamente pelo entreposto, terceiro maior do mundo em volume. Porém, as instalações obsoletas, deficiência de logística e infraestrutura defasada oneram os custos e provocam lentidão das operações, congestionamento do trânsito dentro e no entorno e desperdício de alimentos. As chuvas estão expondo a total inviabilidade do entreposto, cuja precariedade ameaça o abastecimento e coloca em risco a segurança.

Os permissionários afirmam que a situação caótica desta segunda-feira mostra o quanto é urgente São Paulo ter um novo entreposto.

Categorias
Geral Noticias

ViaMobilidade promove Campanha Pela Vida

A ViaMobilidade, concessionária responsável pela Linha 5-Lilás de metrô de São Paulo, promove, em parceria com Força Jovem União (FJU), uma ação de distribuição de cartas com mensagens positivas aos passageiros chamada “Projeto Help”. A campanha será realizada nas estações da Linha 5-Lilás entre os meses de fevereiro e dezembro, sempre nos mesmos horários, das 14h às 16h. A próxima ativação está programada para o próximo dia 11 na Estação Santa Cruz.

A ação tem por finalidade ajudar pessoas que sofrem com complexos, bulimia, abusos, traumas, bullying, síndromedo pânico e ansiedade, problemas que podem levar a pensar em suicídio. A campanha contará com voluntários da FJU, que ajudarão na organização e na distribuição das cartas com as mensagens.

Sobre a Força Jovem União (FJU)

A Força Jovem União é um grupo que conta com milhares de voluntários, no Brasil e no mundo, voltado para a reintegração dos jovens e adolescentes na sociedade. Com atividades culturais, desportivas e debates, a FJUbusca combater o uso de drogas por jovens e adolescentes, além de promover a conscientização sobre temas atuais e polêmicos.

Serviço:

Projeto Help – distribuição de cartas com mensagens
11 de fevereiro, das 14h às 16h

Local: Estação Santa Cruz – ​​​ Avenida Domingos de Morais, 2474

24 de março, das 14h às 16h

Local: Estação Chácara Klabin – Rua Vergueiro, 3800

28 de abril, das 14h às 16h

Local: Estação Hospital São Paulo – ​​​Rua Pedro de Toledo, 937

26 de maio, das 14h às 16h

Local: Estação Capão Redondo – ​​​ Av. Carlos Caldeira Filho, 4261

23 de junho, das 14h às 16h

Local: Estação Eucaliptos – ​​​ ​​​Av. Ibirapuera, 3144

21 de julho, das 14h às 16h

Local: Estação Santo Amaro – ​​​ Av. Guido Caloi, 2221

18 de agosto, das 14h às 16h

Local: Estação AACD-Servidor – ​​​ Rua Pedro de Toledo, 1601

22 de setembro, das 14h às 16h

Local: Estação Capão Redondo – ​​​ Av. Carlos Caldeira Filho, 4261

20 de outubro, das 14h às 16h

Local: Estação Santa Cruz – ​​​ Avenida Domingos de Morais, 2474

24 de novembro, das 14h às 16h

Local: Estação Largo Treze – ​​​ ​​​​​​Av. Padre José Maria com R​. Barão do Rio Branco

15 de dezembro, das 14h às 16h

Local: Estação Chácara Klabin – ​​​Rua Vergueiro, 3800
Categorias
Geral Musica

Nanno.V, nova aposta da Universal Music, lança seu segundo single, “Cinderela”

Nova aposta da Universal Music no segmento urban, pop e hip hop, Nanno.V, de apenas 22 anos, da cidade de Volta Redonda, Rio de Janeiro, lançou seu segundo single, chamado “Cinderela”.

Além do selo de uma das maiores gravadoras, o jovem tem outro nome forte como apoio. Ele é um artista da Fonttes Promo, do empresário Pedro Mota, responsável por nomes como Claudia Leitte, Ralk e Mano Walter.

Estou bastante empolgado com esse segundo single. Cinderela foi uma história real que vivenciei com a ‘minha pretinha’, forma carinhosa que chamo a minha namorada. Escrevi para ela. A ideia da letra é passar que não importa o tamanho do problema, vamos vencer juntos: ‘Cê sabe que eu tô contigo junto e sabe que mais tarde a gente ri disso tudo!’. Espero que gostem”, conta.

O primeiro single do cantor também foi lançado recentemente e se chama “Mau Mau“, composta em parceria com Jhama. Apesar de novo, o artista já é bastante consagrado por seu trabalho como compositor. Nanno já compôs canções para artistas renomados como a “Gelo” para a banda Melim, “Cuidar de mim”, para o 3030, um feat de “Pensa em mim“, para Ralk, “Eita” com Pedro Sampaio, entre outros.

O clipe de ‘Cinderela’ está disponível no canal de Nanno.V no Youtube.

Categorias
Politica

Joice Hasselmann analisa possiveis adversários na eleição para prefeito

Confirmada como candidata do PSL à Prefeitura de São Paulo nas eleições de 2020, a deputada Joice Hasselmann já pensa na disputa de outubro deste ano.

Em entrevista hoje ao Programa Pânico, da Rádio Jovem Pan, ela analisou alguns de seus possíveis adversários.

Sobre o o atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), a deputada avaliou como negativa a gestão dele até o momento: “Fico constrangida em criticá-lo porque ele está doente. Mas acho que ele não gosta de ser prefeito. Não vejo aquela vontade de acordar às 5 da manhã, trabalhar 20 horas por dia. Não acho que ele tem aquela vontade de fazer e ver as coisas resolvidas, isso me incomoda um pouco e não acho que ele é um bom prefeito. Acho ele um bom rapaz, um bom ser humano, mas uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa“,

Também revelou que gostaria de disputar a eleição contra Fernando Haddad, do PT. Isso porque a disputa permitiria um embate de ideias produtivo, segundo ela: “Se o Haddad for candidato, acho excepcional. Porque aí vamos poder, de fato, mostrar os dois lados da política“.

O jornalista José Luiz Datena foi outro citado por Joice como possível adversário. A deputada ainda duvida que o atual apresentador da TV Bandeirantes seja candidato e fez ressalvas sobre o possível partido a que ele deve se filiar, o MDB. “Gosto do Datena, mas ele ensaia toda eleição e não vem se candidatar. Ele deve se filiar ao MDB e sair candidato ao Senado. Mas no MDB? Não dá. Desculpa. Se a discussão também é partidária, o MDB tem muitos problemas tanto quanto o PT. Não estou discutindo o Datena. Acho ele um cara correto, honesto, mas o partido pode ser complicado para ele por conta do histórico“, avaliou.

Ela também analisou o deputado estadual, Arthur do Val (conhecido como “Mamãe Falei”), que deve ser candidato pelo Patriota. De acordo com ela, Arthur não está preparado para assumir um desafio como ser o chefe do executivo da maior cidade do Brasil: “A candidatura é um direito dele. Nós conversamos, tenho respeito, ele é um bom menino. Mas é só um menino […] Não adianta pensar que vai brincar de fazer uma livezinha e que vai administrar a cidade. Esquece. Tem que estudar muito“.

 

Fonte: UOL

Categorias
Carnaval Cultura Geral

Sesc Pinheiros traz programação especial durante o Carnaval

Em clima de folia, o Sesc Pinheiros promove uma programação especial de Carnaval para toda a família.

Nos dias 22 e 23, a Banda Estralo homenageia a cantora Carmen Miranda com repertório que inclui sucessos como “O que é que a baiana tem” e “Aquarela do Brasil”. A outra metade do show inclui os arranjos do grupo para as músicas “País Tropical” (Jorge Benjor), “Bola de Meia Bola de Gude” (Milton Nascimento) e “Não é Proibido” (Marisa Monte). Essas versões, presentes no álbum Estórias de Cantar, renderam à banda a indicação na categoria ‘Melhor Álbum Infantil’ do 27º Prêmio da Música Brasileira.

E é claro que as marchinhas não podem faltar.  A banda Sandália de Prata apresenta o show Outros Carnavais, em que interpreta marchinhas, como “Cidade Maravilhosa” e sambas clássicos de Cartola, Nelson Cavaquinho, Noel Rosa, e Ary Barroso, entre outros. Com Uli (voz), Dado Tristão (teclados), Ocimar de Paula (contra-baixo), Everson Gama (guitarra), Wendel Soares (bateria), Tito Amorim (percussão), João Lenhari (trompete), Jorginho Neto (trombone) e Raphael Ferreira (saxofone).

Veja a programação completa:

CONFETE NATURAL

Produção de confetes naturais feitos a partir de folhas e flores secas e vários tipos de furadores. Com Fábia Branco, Marcela Pupatto e Priscila Quedas.

De 22 a 25/2 | Sábado a terça, às 10h30.

Local: Espaço de Tecnologias e Artes – 3º andar.

Vagas limitadas – inscrições no local.

Grátis.

 

ATRAVÉS DAS ÁGUAS

Usando materiais variados e muita criatividade, os participantes poderão produzir figurinos, adereços e maquiagens para curtir o Carnaval. Com Pat Borges.

De 22 a 25/2 | Sábado a terça, às 11h.

Local: Sala de Oficinas 1 – 2º andar.

Vagas limitadas – inscrições no local.

Grátis.

 

BANDA ESTRALO CANTA CARMEM MIRANDA

O espetáculo homenageia a cantora luso-brasileira, Carmem Miranda, célebre por suas versões únicas de canções como “Tá-hi!”, “Mamãe eu quero”, “Alô-Alô”, “Bambu-Bambu” e “Tic-Tac do meu Coração”; sucessos nas décadas de 20, 30 e 40.

Com o pensamento de levar conhecimento musical às crianças, a banda Estralo criou arranjos para as canções com narrativas teatrais que dão ao show uma cara de história infantil.

Dias 22 e 23/02 | Sábado e domingo, às 12h.

Local: Praça.

Grátis.

 

CORTEJO: ARRASTÃO MUSICAL

A partir das influências dos desfiles dos blocos e cortejos populares, o Núcleo Batuntã apresenta em suas composições, os tambores do Maracatu misturados com técnicas do flamenco espanhol, do drum’n’bass, das levadas de djembês africanos e dos arranjos vocais, numa explosão musical ao vivo pelo mestre do apito.

O grupo cria ainda novos sons e timbres derivados da percussão corporal e de objetos inusitados como canos de pvc, pneus, garrafas, peças de carro ou eletrodomésticos, entre outros.

Dias 22 e 23/02 | Sábado e domingo, às 14h e às 15h.

Local: Praça.

Grátis.

 

FOLIA DE CABEÇA FEITA

Os participantes aprenderão, passo a passo, a customizar acessórios, como tiaras, brincos e enfeites de cabelo, com muito estilo, para brilhar e brincar no Carnaval. Com Carnaval das Pretas.

De 22 a 25/2 | Sábado a terça, às 14h30.

Local: Sala de Oficinas – 2º andar.

Vagas limitadas – inscrições no local.

Grátis.

 

SANDÁLIA DE PRATA – MARCHINHAS E SAMBAS

A banda Sandália de Prata apresenta o show Outros Carnavais, interpretando marchinhas, como “Cidade Maravilhosa”, “Sassaricando”, “A Estrela Dalva” e sambas clássicos de Cartola, Nelson Cavaquinho e Noel Rosa, além de sambas-enredo consagrados.

Dias 22 e 23/02 | Sábado e domingo, às 16h.

Local: Praça.

Grátis.

 

BANDA GLÓRIA PARA CRIANÇAS

No cenário musical há mais de 20 anos e com um refinado repertório de música brasileira, a banda Glória encanta os foliões num Bailinho para todas as idades.

Dias 24 e 25/02 | Segunda e terça, às 12h.

Local: Praça.

Grátis.

 

CORTEJO: BRINCADEIRAS DE CARNAVAL

Intervenção itinerante em formato de cortejo, em que artistas circenses e músicos fazem um resgate das tradicionais marchinhas de Carnaval, números circenses e muita diversão. Com Cia K.

Dias 24 e 25/02 | Segunda e terça, às 14h.

Local: Praça.

Grátis.

 

BANDO DA RUA

O grupo Bando da Rua reúne músicos preocupados em dar continuidade a um trabalho de divulgação da Música Popular Brasileira, cantando e contando a história de alguns sucessos e de seus compositores.

Dias 24 e 25/2 | Segunda e terça, às 16h.

Local: Praça.

Grátis.

 

SERVIÇO
Sesc Pinheiros – Rua Paes Leme, 195
Bilheteria: Terça a sábado das 10h às 21h. Domingos e feriados das 10 às 18h
Tel.: 11 3095.9400
Estacionamento com manobrista: Terça a sexta, das 7h às 21h30; Sábado, das 10h às 21h30; domingo e feriado, das 10h às 18h30. Taxas / veículos e motos: para atividades no Teatro Paulo Autran, preço único: R$ 12 (credencial plena do Sesc) e R$ 18 (não credenciados).Transporte Público: Metrô Faria Lima – 500m / Estação Pinheiros – 800m