Categorias
Esporte Noticias

Transmissão da final do Paranaense pela internet é sucesso de público

A transmissão pelo Youtube da vitória por 3 a 0 do Coritiba sobre o Atlético na primeira partida da final do Campeonato Paranaense, na Arena da Baixada, no domingo (3/05), agradou as duas torcidas. Tanto a conta oficial do Furacão, quanto a do Coxa teve em média aproximadamente 50 mil pessoas acompanhando a transmissão durante o jogo. Nos 90 minutos de bola rolando, foram aproximadamente 100 mil visualizações.

Já no Facebook, os números ficaram entre 11 e 13 mil no final da partida, com mais de 7 mil compartilhamentos em cada página da dupla Atletiba. Na página do Atlético, a transmissão rendeu 48,1 mil comentários. Já na do Coritiba foram 48,6 mil comentários.

A cobertura do clássico começou às 15h20 e aconteceu normalmente até instantes antes da bola rolar. A transmissão esteve fora do ar nos sete primeiros minutos da partida, mas depois a conexão foi reestabelecida e não teve mais problemas.

O primeiro Atletiba transmitido pelo Youtube aconteceu dia 1º de março, quando o Rubro-Negro venceu o Alviverde por 2 a 0, no jogo válido pela quinta rodada da primeira fase do Paranaense, adiada porque a Federação Paranaense de Futebol (FPF) impediu a transmissão via Youtube na data original, dia 19 de fevevereiro. Na ocasião, a FPF alegou que os profissionais de Atlético e Coritiba não poderiam trabalhar na transmissão porque não estavam credenciados para a partida. Diante da decisão, as cúpulas rubro-negra e alviverde optaram por não jogar a partida, o que adiou o confronto.

Quando o primeiro Atletiba com transmissão foi jogado, Atlético e Coritiba tiveram juntos no Youtube pico de quase 130 mil visualizações. No próximo domingo (7), na finalíssima que vai definir o campeão estadual de 2017, a dupla Atletiba volta a fazer transmissão conjunta às 16h no Couto Pereira.

 

 

Categorias
Noticias

Arnold Classic South America fica em São Paulo por mais 4 anos

 Uma das frases mais famosas de Arnold Schwarznegger é “I’ll be back”. E após sua passagem por São Paulo, para a primeira edição do Arnold Classic South América na cidade, o astro repetiu a frase, pois voltará nos próximos quatro anos.

Isso porque a capital paulista receberá o maior evento multiesportivo e de nutrição esportiva da América Latina pelos menos até 2021. A data de 2018 já está confirmada, exatamente daqui um ano, de 20 a 22 de abril

Schwarzenegger permaneceu na cidade por quatro dias. Chegou na sexta-feira (21/04) para a abertura do Arnold Classic South América, no Transamérica Expo Center, e para conceder uma concorrida e animada entrevista coletiva. No sábado (22/04) e no domingo (23/04) levou os fãs ao delírio durante os passeios para conferir de perto os estandes dos expositores da Expo e a performance de alguns dos 10 mil atletas que competiram em 37 modalidades. A feira de nutrição esportiva e as disputas multiesportivas são as maiores da América Latina. Antes do encerramento do evento que leva seu nome, domingo, ele andou de bike pelas ciclovias da zona sul de São Paulo e conheceu o Parque do Povo, em um passeio com 1h15 de duração.

Já na segunda-feira (24), Schwarzenegger se encontrou com o prefeito de São Paulo, João Doria. O ex-governador da Califórnia discutiu temas como mobilidade urbana, sustentabilidade, meio ambiente e, claro, esportes, prometendo colaborar com a capital paulista sempre no que puder. 

A primeira edição do Arnold Classic South América em São Paulo,  no Transamérica Expo Center, superou todas as expectativas dos organizadores. O sucesso vai além do crescimento de 30% em relação ao ano passado. O número de lojistas participantes foi recorde, com 4.520 profissionais em busca de produtos, 50% a mais que em 2016. 

 

Fonte: ZDL Comunicação

 

Categorias
Cultura

Oficina promove contações de histórias baseadas em relatos de refugiados

 

A Oficina Cultural Alfredo Volpi promove no mês de maio contações de histórias com o grupo Contos da Lua Vaga, que cria dramaturgias a partir de relatos de crianças refugiadas. A atividade é gratuita e será aos sábados, entre os dias 13 e 27 de maio, às 13h00.

O primeiro Natal em Portugal, O barbo e Os pudins do Sr. Luiz são contos inspirados em relatos obtidos durante as pesquisas do grupo e outros publicados em mídias independentes que auxiliam crianças nos países em situação de guerra.

“São histórias de pessoas reais que poderiam ser contadas nos livros como de heróis e heroínas, mas não ouvimos falar por não estarmos preparados para ouvir. As histórias das crianças são sem dúvida de parar o coração”, conta Paula Aguiar, criadora do grupo.

O grupo Contos da Lua Vaga surgiu em 2016 com a ideia de contar histórias de pessoas reais. Idealizado em dois módulos, infantil e adulto, o grupo entrevista diversos refugiados e imigrantes além de visitar instalações e entidades que auxiliam essas pessoas no Brasil.

SERVIÇO: Contação de história na Oficina Cultural Alfredo Volpi
Onde: Oficina Cultural Alfredo Volpi
Quando: De 13 a 27/5, sábados, às 13h00
Endereço: Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera – São Paulo/SP
Horário de funcionamento: de terça a quinta, das 13h00 às 22h00. Sextas e sábados, das 10h00 às 18h00

Mais informações: (11) 2205-5180 | 2056-5028 | alfredovolpi@oficinasculturais.org.br

Acessibilidade no local
Recomendação etária: livre.
Chegar ao local com 30 minutos de antecedência.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa – POIESIS