Categorias
Cultura

Gilberto Gil faz show gratuito no aniversário de São Paulo

Gilberto Gil vai fazer um show no aniversário de 462 anos da cidade de são paulo . O cantor se apresenta durante a tarde do dia 25 no antigo Clube de Regatas do Tietê. Antes do músico baiano, sobe ao palco a banda Demônios da Garoa.

A programação cultural ainda conta com outros shows espalhados pela cidade. Criolo, Tetê Espíndola, Ratos de Porão e Raimundos são alguns dos nomes que presenteiam São Paulo com suas performances musicais.

Serviço:

O que:  Show de  Gilberto Gil e Demônios da Garoa –

Quando: 25 de janeiro _Aniversário de SP

Onde: Clube de Regatas Tietê

Endereço: Avenida Santos Dumont, 843 – São Paulo

Horário: às 15:00

Entrda Gratuita

Categorias
Destaque Politica

Datena desiste de concorrer à prefeitura

O jornalista apresentador do programa Brasil Urgente  José Luiz Datena desistiu de ser candidato à prefeitura de São Paulo. O anúncio foi feito nesta segunda (18) durante o programa Nossa Área, da Bradesco Esportes FM, do grupo Bandeirantes, e pegou muita gente de surpresa. Em 2015, o apresentador havia anunciado sua pré-candidatura pelo Partido Progressista (PP).

Além de não disputar mais o cargo, Datena afirmou ainda que vai se desfiliar do PP. Segundo ele, as denúncias de corrupção contra o partido pesaram na decisão.

Não posso permanecer em um partido que tomou mais de 300 milhões de reais da Petrobras“, disse, referindo-se a denúncias de um esquema de corrupção na estatal que teria resultado em um rombo de 357 milhões de reais. O PP também lidera a lista de investigados na Lava Jato, com 32 integrantes. O presidente do PP em São Paulo, Guilherme Mussi afirma que o partido agora não terá candidatura própria à prefeitura.

A mais recente pesquisa sobre a disputa ao governo municipal, divulgada no final do ano passado pelo Instituto Datafolha, mostrava o apresentador entre os preferidos do eleitorado paulistano. Em um dos cenários, com Andrea Matarazzo com candidato do PSDB, Datena aparecia com 13% dos votos, empatado com Marta Suplicy (PMDB), na segunda posição.

No outro, com o empresário João Doria como candidato tucano, Datena caía um ponto percentual, para 12%, aparecendo na terceira colocação, ao lado de Fernando Haddad. Segundo a mesma pesquisa, se as eleições fossem hoje, Celso Russomanno (PRB) venceria o pleito, com 34% das intenções de voto.

Categorias
Sem categoria Televisao

Tiririca não renova contrato com a Band e deixa o “Pânico”

O contrato do comediante e deputado federal Tiririca com o programa “Pânico”, assinado em janeiro passado e válido por 12 meses, até o dia 31 deste mês, não será renovado.

Foi uma decisão tomada pelas duas partes. Do lado do Tiririca, porque ele agora pretende se dedicar inteiramente às suas funções em Brasília e também pela direção do programa, que pretende desenvolver planos diferentes para esta próxima temporada.

“Foi tudo na mais perfeita paz e harmonia”, asseguram os responsáveis pelo “Pânico”.

Ainda a propósito do “Pânico”, a Bandeirantes soltou há pouco um comunicado, com vários esclarecimentos:

“A atração comandada por Emilio Surita retorna ao vivo na programação da Band no dia 31 de janeiro.

Porém, antes da estreia ao vivo, o programa Pânico volta com conteúdo inédito – gravado em dezembro – no próximo domingo, dia 17, às 21h e também no dia 24 no mesmo horário.

”O ano de 2015 foi altamente positivo para o Pânico. Alcançamos excelentes índices de audiência, retorno em faturamento e grande repercussão na segunda tela. Conseguimos destaque no Twitter e o conteúdo do programa na íntegra no Youtube atingiu números expressivos de visualizações. Para este ano teremos novos integrantes contratados e quadros originais para os fãs do programa”, revela Alan Rapp, diretor do humorístico.

Audiência e liderança nas redes sociais

O Pânico, uma das atrações mais rentáveis da emissora, está entre as maiores audiências da programação da Band. A atração dominical fechou 2015 com média de 5,1 pontos no Ibope.

No universo digital, poucos programas no mundo tem a repercussão do Pânico; são 25 milhões de fãs nas principais plataformas – 14 milhões do Facebook e 11 milhões do Twitter. Pesquisa recente com os top 100 mundiais, divulgada pelo Twitter Counter, apontou o Pânico como o segundo programa com maior número de seguidores do mundo. No Brasil, a atração aparece nos relatórios semanais do Ibope Twitter TV Ratings (ITTR) como um dos mais tuitados do país.
 
Temporada 2016 tem novo cenário

Além do conteúdo criativo, marca registrada do programa, na temporada 2016, a partir do dia 31, o Pânico volta com identidade visual totalmente reformulada e em novo cenário: ‘Mudamos a arquitetura do estúdio para ganhar mais espaço interno. Painéis de led circundam todo cenário dando um aspecto moderno e facilitando a mudança de ambientação no programa’, diz Diego Guebel, diretor-geral de conteúdo da Band. As novidades também incluem novo logo, nova trilha sonora e uma abertura diferente com animações construídas em cima de imagens reais”.

Categorias
Esporte Noticias

CBF não autoriza realização da Primeira

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não liberou a realização da Primeira Liga em 2016. A entidade alega que o torneio, com previsão para início no próximo dia 27, não respeita o seu Estatuto e o calendário de jogos no país.

Convocamos uma assembleia das federações e elas estipularam que a Liga Sul-Minas-Rio seria muito bem aceita se respeitasse os estatutos das federações e da CBF, além do calendário nacional, mas isso não foi possível. O que fez com que nós comunicássemos ao Gilvan (de Pinho Tavares, presidente da Liga) de que não seria possível a autorização para a realização do torneio em 2016”, afirmou Walter Feldman, secretário-geral da CBF, em entrevista à rádio Itatiaia, de Belo Horizonte.

A CBF acredita que o principal empecilho para o torneio é a criação de datas alternativas ao calendário de partidas oficial da entidade em 2016, que já está em vigor.

Dentre as possíveis punições para as equipes participantes do torneio, estão a perda de cotas de televisão por transmissões dos Estaduais e punições aos times das categorias de base de cada clube.